Animais

Veja Um Canguru Bebé Retirado Com Vida Da Sua Progenitora Morta

Um vídeo mostra-nos como os socorristas extraíram a pequena cria. Com um peso de cerca de 250 gramas e um mês de vida, esta pequeno canguru tem poucas as duas hipóteses de sobrevivência diminuídas. Quinta-feira, 9 Novembro

Por Sarah Gibbens

Quando Sherri Midson recebeu uma chamada de uma propriedade privada na Nova Gales do Sul, na Austrália, por causa de um canguru que se encontrava em perigo de vida, saiu imediatamente para averiguar a situação.

Infelizmente, o canguru já tinha morrido quando Midson lá chegou. Com o seu marido a gravar a ocorrência, Midson alcançou a pequena cria dentro da bolsa marsupial da sua mãe e retirou-a. A cria estava visivelmente inquieta, e era tão pequena que cabia inteira na mão de Midson.

Depois de retirar a cria de dentro da bolsa, Midson cortou o mamilo da progenitora porque o bebé ainda estava a sugá-lo.

“O pequeno ainda estava preso ao mamilo, e se o tentarmos puxar, podemos magoar a sua boca”, explica Midson. “Portanto cortamos também o mamilo e passado pouco tempo o bebé deixa de chuchar.”

Midson decidiu entregar a cria a um tratador com mais experiência com cangurus bebés porque o bebé era muito pequeno e estava muito frágil. Segundo Midson, como a cria pesava apenas 250 gramas, as suas hipóteses de sobrevivência eram escassas. Só com um peso superior a 500 gramas é que as possibilidades de sobrevivência aumentam, nos casos de crias que perdem as mães.

Como a mãe não mostrava sinais de ferimentos, Midson calcula que ela tenha caído quando tentava saltar uma vedação, uma causa de morte bastante comum na espécie.

Midson e o seu marido fazem frequentemente missões de salvamento voluntário. E num recinto perto de sua casa, os Midsons cuidam de crias de canguru salvas de incêndios ou cujas mães tenham sido atropeladas por carros.

Se forem mantidos em condições que reproduzam o ambiente uterino, as crias mais velhas têm boas hipóteses de sobrevivência. Midson afirma que o maior desafio com as crias de canguru é habituá-las a um biberão, depois do desmame.

Encontrar cangurus órfãos não é incomum, na Austrália.

O país tem mais de 30 milhões de cangurus, uma população que foi muitas vezes um foco de controvérsia. O desenvolvimento da Austrália, no início do século, provocou a diminuição do número de árvores e o aumento das zonas de prado, o habitat perfeito para os cangurus. Disputam fontes de alimento com o gado, e os agricultores queixam-se de que são uma ameaça à sua subsistência.

Muitos cangurus são encontrados depois de abalroados por carros, feridos por estruturas construídas por humanos, como, por exemplo, vedações, ou mortos por cães que guardam o gado. Em 2017, a Austrália autorizou o abate de um milhão de cangurus.

Jed Winer contribuiu para este artigo e Sarah Gibbens é uma produtora associada de conteúdos digitais da National Geographic

Continuar a Ler