Resgate: O Que Faz um Elefante no Mar a 15 Km da Costa?

Veja o vídeo: Foram precisas quase 12 horas para resgatar um elefante que foi arrastado para o mar.

Publicado 9/11/2017, 01:40 WET
Uma Equipa da Marinha Salvou Um Elefante Arrastado Para o Oceano

Depois de ter sido arrastado oito milhas náuticas (um pouco menos de 15 km) mar adentro, um elefante foi salvo pela marinha do Sri Lanka num trabalhoso e dramático processo que durou 12 horas e que foi registado em vídeo.

As autoridades detetaram o elefante pela primeira vez durante uma patrulha de rotina ao largo da costa nordeste da ilha. O animal mostrava dificuldades para se manter à tona. O vídeo mostra o elefante quase submerso a usar a trompa como tubo de respiração improvisado.

De acordo com a Agence France-Presse (AFP), o primeiro órgão a dar a notícia, os oficiais da marinha do Sri Lanka acreditam que o animal foi empurrado para o mar quando tentava atravessar a lagoa Kokkilai. A lagoa está situada no meio de um santuário animal entre duas extensões de selva e o elefante estaria a tentar chegar ao outro lado.

“Normalmente, escolhem um atalho e atravessam a vau pelas águas superficiais”, disse um oficial à AFP.

O vídeo mostra vários oficiais da marinha a sair de um navio a nadar usando equipamento de mergulho e cordas, que ataram à volta do elefante. Um dos oficiais chegou a pular para o dorso do elefante para ajudar a guiá-lo para um lugar seguro.

O animal acabou por ser levado até terra firme, onde foi deixado ao cuidado de responsáveis dos serviços de vida selvagem, de acordo com o website da marinha.

Encontrar um elefante a nadar não é completamente inusitado. Estes enormes mamíferos flutuam na água e nadam completamente submersos, usando as trompas como tubos de respiração.

Numa declaração enviada por e-mail para a National Geographic, o cofundador da Elephant Voices, Joyce Poole, afirma: “Os elefantes são considerados os melhores nadadores de entre os mamíferos terrestres — talvez com a exceção dos nadadores humanos com muito treino.”

Poole acrescentou que, analisando as filmagens do salvamento, o elefante parecia estar cansado.

Alguns elefantes chegaram até a ficar famosos como nadadores. Raja, um elefante-indiano de 66 anos que morreu no ano passado, era famoso no YouTube e apareceu em filmes que o mostram a deslizar tranquilamente água fora com as suas 5,5 toneladas.

Embora consigam nadar durante períodos longos, cansam-se se não tiverem como descansar. Os oficiais da marinha intervieram, argumentando que o elefante teria dificuldade em sobreviver porque já tinha gastado demasiada energia a nadar e que a exposição prolongada à água salgada podia ter danificado a pele do animal.

Ao elefantes-asiáticos são considerados animais em perigo pela União Internacional para Conservação da Natureza, tendo enfrentado a ameaça do abate de árvores e da perda de habitat. A maioria dos machos e das fêmeas desta espécie não tem dentes visíveis, o que leva alguns a acreditar que a ameaça dos caçadores furtivos é menor; no entanto, muitos são caçados pela sua carne e pele.

Desde o início do século, as populações de elefantes do Sri Lanka diminuíram em cerca de 65%, devido a um aumento da desflorestação na ilha. Atualmente, os elefantes são protegidos pela legislação do Sri Lanka, onde matar um elefante dá lugar a severas penas.

Continuar a Ler

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registrar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados