Os Gatos Não Gostam de Festas na Barriga – Porquê?

Perguntámos aos nossos leitores o que é que os deixa mais perplexos em relação aos seus felinos favoritos.segunda-feira, 17 de junho de 2019

As pessoas costumam pensar que os gatos são estranhos – como se o comportamento humano fosse assim tão lógico.

Mas é verdade que, por vezes, precisamos de ajuda para descodificar os nossos companheiros felinos. Por isso, fizemos um apelo aos nossos leitores para colocarem as suas questões mais intrigantes sobre gatos, questões que variam desde os mistérios dietéticos às correrias espontâneas pela casa.

Porque é que o meu gato bebe água da torneira?

De acordo com Debra Zoran, especialista em medicina interna no Hospital de Ensino Médico e Veterinário Texas A&M, alguns gatos gostam de água corrente e preferem o seu sabor ao das águas estagnadas.

Por exemplo, se a tigela não for mantida limpa e fresca, o sabor da água pode ser desagradável.

Os gatos também têm bigodes sensíveis e preferem “não tocar com eles nas laterais da tigela, ou em qualquer outro lado, enquanto comem ou bebem”, diz Debra por email. Isto acontece se a tigela da água for profunda e não estiver sempre cheia.

Isto também se pode dever ao facto das zonas elevadas, como o lava-loiça da cozinha, “lhes darem mais segurança”, diz por email Lena Provoost, especialista em comportamento animal na Universidade de Medicina Veterinária da Pensilvânia. E a tigela da água pode estar numa zona de passagem com muito movimento.

Porque é que os gatos comem plantas?

“Comer ervas e plantas é considerado um comportamento normal em gatos”, e pode até ajudar a reduzir as cargas de parasitas, diz Lena Provoost. É provável que esta seja uma característica transmitida pelos seus antepassados selvagens, que comiam vegetação para, essencialmente, raspar os intestinos, purgando invasores como os vermes.

As ervas também são fibras naturais “importantes para a sua saúde gastrointestinal”, diz Lena. Na natureza, os gatos conseguem obter algumas destas fibras de plantas de outros animais que caçam.

Muitas pessoas dão ervas aos seus gatos domésticos para eles comerem. Mas por vezes, um aumento súbito no consumo de gramíneas pode significar um estômago dorido (devido a bolas de pelo ou por outras razões) ou, em casas com muitos gatos, pode ser um sinal de ansiedade.

Porque é que os gatos batem com as patas nas portas ou noutras superfícies lisas?

Neste vídeo, o gato parece ter aprendido a bater à porta para que o seu escravo humano a abra. Contudo, este gato (que pertence a um dos nossos leitores) também faz isto noutras superfícies lisas, como paredes e armários de cozinha.

Para Nicholas Dodman, professor emérito da Escola Cummings de Medicina Veterinária da Universidade Tufts, nos gatos machos castrados estas atitudes assemelham-se à marcação de território. Estes machos fazem toda a coreografia da marcação de território, recuando até uma superfície com a cauda a abanar, mas não urinam.

Geralmente, os gatos fazem marcações com urina “porque estão frustrados, ou porque estão preocupados com o seu território”, diz Dodman (autor do livro O Gato Que Pediu Ajuda), e geralmente fazem-no em locais que consideram ter “importância estratégica”, incluindo os limites do território, ou em zonas onde está a comida.

Os gatos também têm glândulas odoríferas nas patas, embora Dodman acredite que isso não seja importante para o processo de marcação.

Porque é que os gatos fazem correrias loucas quando o clima muda?

Estas explosões de atividade podem acontecer a qualquer momento e servem apenas para libertar toda a energia reprimida que é acumulada durante as longas horas de sesta.

Alguns donos de gatos já repararam que estas correrias aumentam durante as mudanças de estação. Quando abrimos uma janela para apanhar ar fresco, os gatos domésticos, que no seu âmago continuam a ser caçadores, são estimulados pela presença de presas, novos barulhos, novos odores no ar e começam literalmente a escalar paredes e cortinados, salienta Debra Zoran.

Estruturas para atividades, como as árvores para gatos, podem ser uma grande ajuda para os acalmar.

Porque é que alguns gatos não gostam de festas na barriga?

Os folículos de pelo na barriga e na zona da cauda são hipersensíveis ao toque, portanto, fazer festas nessas zonas pode ser demasiado estimulante, diz Lena Provoost.

“Os gatos preferem festas na cabeça, sobretudo debaixo do queixo e das bochechas, onde têm glândulas odoríferas.” (Leia como é que os gatos reconhecem os seus nomes.)

Os gatos também costumam esfregar os focinhos noutros felinos para misturar odores, culminando numa colónia de odores que facilita o reconhecimento dos membros do grupo. E os gatos também nos cumprimentam dessa forma.

Provoost diz que, no geral, o melhor que podemos fazer é ler a linguagem corporal dos nossos gatos.

Debra Zoran concorda e acrescenta que cada gato é um individuo com os seus próprios gostos, e também diz que os gatos não têm medo de nos comunicar o que preferem.

E quem tem gatos sabe bem que isso é verdade.

 

 

Este artigo foi publicado originalmente em inglês no site nationalgeographic.com

Continuar a Ler