Tubarões oportunistas, conchas em extinção e colisões de lixo espacial na lua

Notícias científicas surpreendentes incluem conchas em perigo de extinção, flores com sabor e a confirmação de novas crateras lunares e comportamentos de tubarões.

Uma imagem rara capta um tubarão-baleia a alimentar-se de peixes que outros predadores colocaram numa posição defensiva chamada “bola de isca”.

Fotografia por Tom Cannon
Por Sarah Keartes, Cynthia Barnett, Nadia Drake, Hicks Wogan
Publicado 18/07/2022, 11:31

Caçar ao lado de espécies mais velozes

Um vídeo captado no recife de Ningaloo, na Austrália, mostra que os tubarões-baleia podem caçar juntamente com outros predadores. Os tubarões-baleia são conhecidos por perseguirem as suas presas por conta própria, mas são nadadores relativamente lentos. Contudo, quando animais mais velozes, como atuns e aves mergulhadoras, forçam as presas a posicionarem-se numa esfera defensiva, a boca maior é a que come mais peixe. Este comportamento, raramente documentado, pode ser uma forma de estes tubarões gigantes economizarem energia enquanto procuram comida. – Sarah Keartes

Conchas sofrem com colheita desenfreada

Segundo um novo estudo, os Triplofusus giganteus, os maiores caracóis marinhos da América, estão em maior risco de extinção após um século de colheita desregulada das suas conchas. Recorrendo aos isótopos químicos das conchas para medir a idade e a maturidade reprodutiva, os cientistas descobriram que as fêmeas desovam no final da sua vida. A colheita excessiva pode negar a muitas fêmeas esta possibilidade. A concha desta espécie representa o estado da Flórida, e a sua colheita neste estado é limitada – um passo que os pode ajudar a salvar, diz Gregory S. Herbert, autor do estudo. – Cynthia Barnett

De acordo com um novo estudo, a colheita excessiva de caracóis marinhos Triplofusus giganteus devido à sua concha, que é muito popular, está a aumentar o risco de extinção da espécie.

Fotografia por Joël Sartore, National Geographic Photo Ark

Colisão de lixo na lua

No dia 4 de março, quando um pedaço de lixo espacial desgovernado colidiu com o lado mais distante da lua, a explosão resultante projetou detritos que criaram ainda mais cicatrizes ​​lunares. Estas informações foram obtidas pelos observadores espaciais que conseguiram rastrear o corpo do foguetão desgovernado com uma precisão suficiente para prever o seu local de descanso final – a cratera de Hertzsprung. Contudo, era complicado determinar precisamente onde é que este lixo espacial tinha caído dentro de uma área com 570 km de diâmetro  – mas em maio, o Orbitador de Reconhecimento Lunar da NASA captou uma imagem de uma nova cratera dupla perto da extremidade nordeste da cratera Hertzsprung. À medida que a exploração lunar aumenta, os especialistas dizem que é preciso fazer um rastreio mais apurado dos objetos no espaço profundo, e criar regulamentos para o descarte de partes usadas de foguetões. “Algures no futuro, um evento destes não será apenas uma coisa curiosa de se observar”, diz a arqueóloga espacial Alice Gorman, da Universidade Flinders da Austrália. “Será algo com o qual as pessoas na órbita lunar ou na superfície da lua vão ficar verdadeiramente preocupadas.” – Nadia Drake

Paladar natural

Bioquímicos da Universidade Purdue fizeram um estudo sobre petúnias e desvendaram o processo que forma o benzaldeído, o segundo composto mais usado na indústria de aromas. Esta descoberta pode dar origem a versões completamente naturais de aromas e sabores populares, incluindo amêndoa e cereja. – Hicks Wogan

A receita molecular de um composto usado para dar sabor a muitos alimentos foi descoberta por bioquímicos que estudam petúnias.

Fotografia por APICHART VATHIN, EYEEM, Getty Images

Com emissão todos os sábados e domingos, às 17h00, o especial Sharkfest irá cativar os espectadores com uma verdade que é mais estranha que a ficção este Julho.

Este artigo foi publicado originalmente em inglês no site nationalgeographic.com

Continuar a Ler

Também lhe poderá interessar

Ciência
O drama bizarro em torno de uma pitada de poeira lunar agora leiloada por 500 mil dólares
Ciência
Como os Cientistas Planeiam Proteger a Terra de Germes Extraterrestres
Ciência
Água na Superfície da Lua Pode Ser Mais Abundante do que se Pensava
Animais
‘Vaquita’ do Mar Perto da Extinção
Animais
Para Salvar Aves, Devemos Matar Gatos?

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados