Fóssil Milenar de Preguiça Encontrado numa Caverna Subaquática

Ao mergulhar numa caverna do México, exploradores descobriram restos mortais de uma espécie de preguiça nunca antes vista, com 10 mil anos de idade.

A selva do Iucatão, no México, não é conhecida por ser o melhor sítio para encontrar fósseis. O ambiente húmido destruiu a maior parte dos vestígios de ossos dos animais que ali viveram durante milhões de anos, mas existem locais onde o ambiente é mais estável e os restos de animais se conservaram – nas cavernas.

Depois de mergulhar a 30 metros de profundidade, numa caverna de calcário, em 2009, o explorador subaquático Vicente Fito deparou-se com um fóssil de uma preguiça, num excelente estado de conservação. Recentemente, foi confirmado que se trata de uma espécie até agora desconhecida. Fito entregou os ossos ao Instituto Nacional de Antropologia e História do México, e foi lá que, recentemente, reconstruiram o esqueleto e fizeram a sua descrição.

A nova espécie de preguiça, chamada Xibalbaonyx oviceps, está representada por um crânio quase intacto e muitos outros ossos do seu esqueleto. Provavelmente, morreu na caverna, quando o nível da água do mar era mais baixo e a caverna estava seca. Há 10 mil anos atrás, quando a caverna inundou, o esqueleto já seco ficou bem preservado e assim permaneceu, intocado. 

Os investigadores ainda não têm a certeza do tamanho da Xibalbaonyx, mas pesava, pelo menos 226 quilogramas. Na sua história evolucionária, as preguiças já percorreram o espetro inteiro, no que diz respeito ao tamanho do seu corpo, desde as modernas preguiças de dois dedos até às preguiças de chão gigantes que viviam na América do Norte, os Megatérios (Megalonyx jeffersonii) que pesavam mais de 907 quilogramas. 

O fóssil mais antigo alguma vez descoberto tem cerca de 9 milhões de anos e foi descoberto na Argentina. Esta nova descoberta mostra-nos que as preguiças gigantes habitaram as Caraíbas há mais de 11 mil anos, e provavelmente utilizaram o México como passagem entre as américas do Norte e do Sul.

O Resgate de uma Preguiça Bebé
Após ter sobrevivido à maré cheia, esta preguiça bebé foi encontrada presa entre duas rochas - e resgatada mesmo a tempo.
Continuar a Ler