Sabia que 25% dos Acidentes Estão Relacionados com Problemas Visuais?

Descubra a importância da acuidade ocular na prevenção rodoviária e o porquê de uma visão controlada regularmente poder fazer a diferença num cenário de perigo eminente.

Publicado 17/06/2019, 11:58 , Atualizado 29/12/2021, 19:48
A visão é um dos sentidos mais importantes na condução. É fundamental ver bem para 
distinguir ...
A visão é um dos sentidos mais importantes na condução. É fundamental ver bem para distinguir corretamente os objetos, as distâncias, a velocidade e prever as reações das outras pessoas na estrada.
Fotografia de Conselheiros da Visão

Conduz, mas tem a certeza que vê suficientemente bem? Conduzir é uma tarefa importante, quer seja condutor ou passageiro. Se a sua visão estiver comprometida, a sua aptidão para conduzir em segurança também estará.

Em Portugal, segundo um estudo do Observatório ACP (Automóvel Club de Portugal) realizado em 2018, 90% dos adultos com mais de 18 anos inquiridos possui carta de condução. Numa sociedade onde a multiplicidade de atividades quotidianas exige um grau cada vez maior de gestão de tempo e coordenação de deslocações, existe uma utilização crescente do automóvel e três em cada quatro condutores inquiridos conduz diariamente.

Enquanto conduz, 90% da informação sensorial necessária é recolhida através da visão. Os seus olhos são um dos aspetos de segurança mais cruciais quando se encontra à frente de um volante. É quando está parado que possui maior campo visual, com cerca de 180° horizontais e 130° verticais. Quando se encontra em movimento e, sobretudo, sempre que a velocidade aumenta, a sua visão foca-se automaticamente mais adiante, reduzindo o seu campo visual em todas as direções. 

Quando foi a última vez que realizou um exame ocular?
Estima-se que 20% dos condutores têm um defeito visual não corrigido e, destes, 15% tem uma acuidade visual inferior a 50%. À medida que envelhece, a sua acuidade visual começa a deteriorar-se e carece de mais luz para ver tão bem como via quando era mais jovem. Apesar de muitas pessoas continuarem a ver bem, é natural que a sua capacidade de ver objetos em movimento diminua.

Miopia, astigmatismo ou hipermetropia são patologias que podem sofrer alterações com o tempo e, por isso, é fundamental que controle a sua visão periodicamente. Um problema ocular não tratado pode contribuir para um acidente rodoviário: cerca de 25% dos acidentes rodoviários estão relacionados com problemas visuais.

Atualmente, para obter ou renovar a carta de condução em Portugal, é obrigatório realizar um exame médico visual completo. Esse exame incide sobre o campo visual, a visão crepuscular e as doenças oftalmológicas progressivas e pode revelar sinais de outros problemas de saúde como tensão arterial alta, diabetes e até doenças cardíacas.

Se tem alguma dúvida sobre a sua condição ocular, deve realizar um exame visual antes de voltar a conduzir.

Assegure-se que utiliza óculos de sol quando conduz durante o dia para aumentar as suas condições de segurança.
Fotografia de Conselheiros da Visão

Qual a relevância da utilização de óculos de sol?
Mesmo para condutores com boa visão, o uso de óculos de sol com lentes filtrantes pode ajudar a prevenir o risco de acidente por encandeamento. Na primavera, outono e inverno, o sol está mais baixo, podendo ser incomodativo e restringir a capacidade visual.
- O uso de lentes polarizadas é uma excelente opção, uma vez que elimina reflexos causados pela luz do sol na estrada.
- As lentes com coloração amarela ou laranja proporcionam um maior contraste em tempo de nevoeiro ou chuva.
- Para um maior conforto, use lentes fotocromáticas de tom variável e alta proteção ocular.

Quando circular na estrada com sol, independentemente da estação, não se esqueça dos seus óculos de sol.

Na condução, a visão é o sentido mais importante

Porque deve ter atenção redobrada à noite?
A condução noturna representa menos de 10% do tráfego diário, contudo, provoca mais de 50% dos acidentes mortais.

A visão noturna implica que os olhos se adaptem às mudanças e variações de luz. Durante a noite, com menos iluminação e tarefas visuais mais complexas, a nossa visão é alterada, comprometendo a perceção de distâncias, veículos, objetos, cores ou contrastes. O desconforto em conduzir durante a noite, tem tendência a acentuar-se em pessoas com miopia e astigmatismo.

Durante a noite, deve ter especial atenção ao encandeamento causado por faróis, iluminação pública ou em túneis. Para este caso, lentes com tratamento antirreflexo de alta qualidade são a solução ideal.

Para descobrir se necessita de óculos diferentes para o dia e a noite ou de lentes com tratamento antirreflexo, faça um exame ocular de diagnóstico ocular.

Manuel Gião, piloto profissional
Fotografia de Conselheiros da Visão

Para testar a sua acuidade visual…

…procure uma matrícula que está longe ao ponto de não a conseguir distinguir. Caminhe na sua direção até conseguir lê-la e pare. Meça a distância desse local até ao veículo.

Ultrapassa os 20 metros? Se exceder é bom sinal! Caso não ultrapasse ou tiver alguma dúvida sobre a sua condição ocular, deve fazer um exame visual numa ótica. Ao cuidar da sua saúde ocular, está a contribuir para a sua segurança rodoviária. 

Continuar a Ler

Também lhe poderá interessar

Ciência
Na condução, a visão é o sentido mais importante
Ciência
Zhello, o robô português que vai garantir a desinfeção de espaços públicos
Ciência
Investigador da Universidade do Minho descobre como atrasar envelhecimento da coluna
Ciência
Estudo pioneiro descobre como reduzir produção de gordura visceral no ser humano
Ciência
Combater lesões cerebrais? Investigadores descobrem que pode ser possível

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registrar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados