As Melhores Fotografias de Ciência de 2020

Asteroides, micróbios e, é claro, coronavírus: estas fotografias captam um ano em que a ciência foi defendida – e desafiada – de formas sem precedentes.

Publicado 9/12/2020, 16:41 WET
Com uma pega firme, mas delicada, uma mão robótica do Laboratório de Robótica e Biologia da ...

Com uma pega firme, mas delicada, uma mão robótica do Laboratório de Robótica e Biologia da Universidade Técnica de Berlim usa dedos pneumáticos para segurar uma flor com destreza humana. Os avanços recentes colocaram os robôs mais perto do que nunca de imitar as capacidades humanas.

Fotografia de Spencer Lowell, National Geographic

Embora muitas vidas tenham sido abaladas pela pandemia global, documentar um ano com COVID-19 tem sido um desafio em particular para os fotógrafos, dado que dificulta as viagens e o trabalho para os fotógrafos e respetivos temas fotografados.

Mas, para Kurt Mutchler, editor-chefe de fotografia de ciência da National Geographic, 2020 também apresentou uma oportunidade única: mostrar a extraordinária fotografia de ciência pela qual a National Geographic é conhecida, enquanto conta a história de uma comunidade global que enfrenta adversidades incríveis – e que ainda assim tenta alcançar as estrelas.

Como acontece muitas vezes na fotografia, algumas das imagens científicas favoritas de Kurt Mutchler também são este ano produto de um momento oportuno: por exemplo, levar em consideração o quão pequena a Estação Espacial Internacional parece em comparação com o enorme e brilhante disco do sol. Noutras imagens notáveis, a nossa noção de proporção é ampliada para revelar o funcionamento interno de temas impossivelmente pequenos, grandes ou distantes. Já se interrogou como é a superfície de um asteroide, o embrião de um peixe-palhaço ou como são os micróbios que envolvem um beijo? Não precisa de se interrogar mais.

Para Kurt, as imagens científicas mais importantes de 2020 giram em torno de um tema fotográfico que tem apenas 120 nanómetros de largura: o SARS-CoV-2, o vírus responsável pela pandemia de COVID-19. Para além de documentar a heroica e dolorosa resposta humana ao vírus, os fotógrafos também conseguiram captar o próprio vírus, graças a uma tecnologia galardoada com o Prémio Nobel que depende de água congelada por flash e feixes de eletrões. “Estou maravilhado com isso”, diz Kurt.

Mais do que tudo, 2020 lembrou-nos que a ciência não é apenas uma coleção de factos intrigantes, ou tecnologias fantásticas para se admirar: é uma forma para compreender o mundo que nos rodeia, um mundo onde os avanços – e reveses –afetam todos nós. Este ano, todas as imagens selecionadas representam a humanidade fundamental da ciência, diz Kurt. “Parece que a ciência está sob ameaça. Mas é transversal a todas as coisas nas nossas vidas.”

Durante mais de duas décadas, o paleontólogo Lawrence Witmer, da Universidade de Ohio, analisou carcaças de animais congelados – nesta imagem vemos um crocodilo-siamês – através de tomografia computadorizada no Hospital O'Bleness de Ohio. Estes novos dados ajudaram a desencadear uma revolução na compreensão que os cientistas tinham sobre os dinossauros extintos.

Fotografia de Paolo Verzone, National Geographic

No dia 20 de outubro, num ambicioso “jogo da apanhada” galáctico, a sonda OSIRIS-REx da NASA estendeu o seu braço robótico e tocou no asteroide Bennu. A sonda recolheu um pouco de material e partiu segundos depois com rochas e poeira que datam do nascimento do sistema solar.

Fotografia de NASA / GODDARD / UNIVERSIDADE DO ARIZONA

Nesta imagem vemos a cápsula da nave Hayabusa2 do Japão ao lado do seu paraquedas de reentrada, após aterrar no deserto australiano no dia 6 de dezembro. A cápsula contém 100 miligramas de rocha e poeira que a Hayabusa2 recolheu no asteroide Ryugu, perto da Terra, em julho de 2019.

Fotografia de JAXA

No dia 2 de agosto, equipas de apoio chegaram ao Golfo do México para resgatar a nave Endeavor da SpaceX Crew, pouco depois de a nave amarar com os astronautas da NASA Robert Behnken e Douglas Hurley. A Endeavour é a primeira nave construída e operada comercialmente a transportar astronautas de e para a Estação Espacial Internacional.

Fotografia de Bill Ingalls, NASA

Na edição de janeiro de 2020, a National Geographic explorou a forma como os biliões de micróbios que vivem dentro e fora do nosso corpo moldam a nossa própria natureza. Esta imagem de texturas ricas mostra uma colónia microbiana a florescer nos lábios de uma mulher. As pessoas que se beijam com frequência desenvolvem colónias semelhantes nos seus microbiomas orais.

Fotografia de MARTIN OEGGERLI (MICROSCOPIA ELETRÓNICA DE VARRIMENTO COLORIDA), NATIONAL GEOGRAPHIC

Alguns engenheiros de robótica criam máquinas que imitam e são semelhantes aos humanos. Um dos exemplos é Harmony, uma expressiva cabeça falante que incorpora inteligência artificial e que se liga a uma boneca de silicone e aço.

Fotografia de Spencer Lowell, National Geographic

Graças a uma técnica de microscópio galardoada com o Prémio Nobel, conhecida por crio-EM, os investigadores do Laboratório de Biologia Molecular MRC de Inglaterra conseguiram criar imagens de fatias 2D do vírus SARS-CoV-2, o vírus responsável pela COVID-19. Milhares destas fatias foram depois combinadas em computador para produzir um modelo 3D do vírus – uma etapa essencial para a produção de vacinas seguras.

Fotografia de ZUNLONG KE, LESLEY MCKEANE, E JOHN BRIGGS, LABORATÓRIO DE BIOLOGIA MOLECULAR MRC

Uma marcha de pontos negros contra um disco brilhante: a Estação Espacial Internacional transita o sol nesta montagem de imagens captadas na Virgínia. No dia 2 de novembro, a EEI comemorou 20 anos consecutivos de habitação humana, um marco na nossa exploração espacial.

Fotografia de Joel Kowsky, NASA

As fornalhas da empresa de siderurgia SSAB America, em Montpelier, no Iowa, são elétricas e, em 2022, de acordo com a empresa, serão aquecidas por energias renováveis. A indústria de ferro e aço, que geralmente depende de carvão, é atualmente responsável por cerca de 7% das emissões globais de CO2.

Fotografia de David Guttenfelder, National Geographic

Durante uma operação no Centro Médico Harborview da Faculdade de Medicina de Washington, em Seattle, o paciente Brent Bauer alivia as dores da sua cirurgia ortopédica com um jogo de realidade virtual (VR) chamado SnowWorld. Brent Bauer, que partiu vários ossos numa queda de uma altura de três andares, teve um pino de estabilização removido da sua pélvis sem a distração VR. “Aquilo ficou muito intenso”, disse Brent. O outro pino foi removido enquanto Brent estava absorto no jogo de realidade virtual. “Foi uma distração muito agradável e a dor foi muito menor.”

Fotografia de Craig Cutler, National Geographic

Os cientistas ainda estão a tentar rastrear as origens do SARS-CoV-2, e o morcego-de-ferradura-grande, na imagem, foi mencionado como um dos possíveis hospedeiros. Esta amostra de um Rhinolophus ferrumequinum, preservada na coleção do Museu de História Natural do Condado de Los Angeles, foi recolhida no Uzbequistão em 1921.

Fotografia de Craig Cutler, National Geographic

Um voluntário num ensaio clínico é injetado com uma vacina refrigerada contra a COVID-19, vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford, em Inglaterra. O fotógrafo usou uma câmara de imagiologia térmica para mostrar como a temperatura corporal pode indicar a presença de uma infeção por coronavírus. As temperaturas são convertidas num gradiente de cores, variando entre azuis frios e laranjas quentes.

Fotografia de Giles Price, National Geographic

O fotógrafo Daniel Knop usou cinco imagens sobrepostas de um embrião de peixe-palhaço para ilustrar os estágios do seu desenvolvimento, desde horas após a fertilização até horas antes da eclosão. Esta imagem ganhou o segundo lugar no 46º Concurso Anual de Fotomicrografia Small World da Nikon.

Fotografia de DANIEL KNOP, NATUR UND TIER-VERLAG NTV; CORTESIA DE NIKON SMALL WORLD

O médico Gerald Foret coloca uma máscara de proteção antes de atender pacientes com COVID-19 no Hospital Our Lady of the Angels em Bogalusa, no Louisiana.

Fotografia de Max Aguilera-Hellweg, National Geographic

Vitaly Napadow, neurocientista da Escola de Medicina de Harvard e do Hospital Geral de Massachusetts, estuda a forma como o cérebro interpreta a dor. Para este estudo, Vitaly usa eletroencefalografia para rastrear os padrões de ondas cerebrais de pacientes com dores lombares crónicas.

Fotografia de Robert Clark, National Geographic

Situada num campo de lava da Península Reykjanes, na Islândia, esta estufa de carbono negativo têm cerca de 130.000 plantas de cevada a crescer em pedra-pomes vulcânica inerte. A empresa Orf Genetics trabalhou geneticamente o grão para produzir fatores humanos de crescimento, como por exemplo os usados em cosméticos para rejuvenescer a pele. A energia geotérmica e o calor são fornecidos pela Central de Energia Svartsengi.

Fotografia de Luca Locatelli, National Geographic

Incapaz de encontrar uma veia viável no seu braço, Fernando Irizarry pediu a um conhecido para injetar no seu pescoço uma mistura de drogas descartadas. Como acontece com muitas pessoas, o vício de Fernando Irizarry em opioides começou com medicamentos para as dores, medicamentos que ele começou a tomar após um acidente. Fernando convidou o fotógrafo David Guttenfelder para observar a sua vida em Kensington Avenue, em Filadélfia, na Pensilvânia, para um artigo sobre dor que foi publicado na edição de janeiro.

Fotografia de David Guttenfelder, National Geographic

Cinco pica-paus-rei (Campephilus robustus) enchem uma das gavetas de coleções do Museu Argentino de Ciências Naturais de Buenos Aires. Os museus ajudam a manter os registos da biodiversidade moderna – e a história que contam é preocupante. Em 2018, a Birdlife International relatou um declínio de 40% nas 11.000 espécies de aves do mundo.

Fotografia de Craig Cutler, National Geographic


Este artigo foi publicado originalmente em inglês no site nationalgeographic.com.

Continuar a Ler

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registrar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados