Vestígios da Alta Idade Média descobertos em paróquia de Barcelos

Durante as obras de alargamento do cemitério local, foram descobertos vestígios arqueológicos da Alta Idade Média em Tamel São Fins, Barcelos.

Publicado 23/09/2021, 10:38
Vestígios arqueológicos

Pensa-se que os vestígios, datados do século XI, pertencerão à antiga igreja paroquial de Tamel São Fins, integrada no cemitério.

Fotografia de Município de Barcelos

Achados arqueológicos foram descobertos durante as obras de alargamento do cemitério de Tamel São Fins, no município de Barcelos. Considerados de relativa importância, os restos arquitetónicos são de uma construção cujos vestígios, também de um cemitério, remontam à Alta Idade Média.

A autarquia local avança que os vestígios descobertos pertencerão à igreja primitiva local, integrada no cemitério da antiga aldeia que lhe estava associado. Em concreto, os achados datados do século XI correspondem a dois sarcófagos em granito e de elementos de sepulturas feitas com telhas e pedra avulsa, característicos da Alta Idade Média.

Apesar de ser comum encontrarem-se vestígios idênticos junto de igrejas paroquiais e cemitérios, este era ainda desconhecido como um local de interesse arqueológico, e ainda não constava da Carta Arqueológica do Município de Barcelos. O terreno onde foram encontrados os vestígios é adjacente à igreja e foi cedido por particulares, herdeiros da Quinta da Dona Delfina, mediante um acordo de colaboração.

No decorrer dos trabalhos iniciais de escavação, a norte do terreno, foram identificados os vestígios que podem ir ao encontro do anteriormente referenciado pelo Professor Doutor Carlos Brochado de Almeida, na edição de imprensa Barcelos Património, datada de 1997, onde aponta para vestígios do tempo romano ou da Alta Idade Média.

Após ser assumida a tutela da Direção-Geral do Património Cultural, os achados da Alta Idade Média são agora estudados por uma equipa de arqueólogos especializados, com apoio da Câmara Municipal de Barcelos. As obras que decorriam no local para o alargamento do cemitério atual e de beneficiação da Rua da Igreja foram suspensas de imediato.

As obras visavam o melhoramento da infraestrutura viária existente e a ampliação dos espaços de utilização pública em redor da igreja, com objetivo de proporcionar melhores condições ao local que faz parte do itinerário do Caminho de Santiago, além de melhorar o seu valor cultural.

Estavam previstos o arruamento com estacionamento, a criação de espaços verdes e o prolongamento do adro, libertando o trânsito rodoviário de um troço com largura reduzida, desejado pela população há vários anos.

Achados podem aprofundar conhecimento sobre "ADN" de Tamel

Tamel São Pedro Fins é uma freguesia que pertence a Barcelos, que vê a sua paróquia documentada desde finais do século XI. De acordo com a tradição local, a primeira igreja da freguesia não está muito longe da sua edificação atual, contribuindo esta teoria para sedimentar que os vestígios arqueológicos devam pertencer à igreja primitiva, extensível ao espaço do cemitério.

A União de Freguesias de Campo e Tamel São Pedro de Fins agrega as extintas freguesias de Campo e Tamel, contabilizando cerca de 1500 habitantes e integrando uma das 61 freguesias que inclui o concelho de Barcelos.

A Junta de Freguesia considera este levantamento arqueológico de máxima importância, dado que os seus dados podem permitir uma melhor compreensão histórica da freguesia e que, a seu tempo, podem desvendar o "ADN" da freguesia de Tamel São Pedro Fins.

Continuar a Ler

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registrar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados