Espaço

Quando Stephen Hawking Levitou a Bordo de um Avião de Carga

Quarta-feira, 14 Março

Por National Geographic

Kennedy Space Center, Flórida, 26 de abril de 2007 — Rodopiando “como um ginasta olímpico galardoado com a medalha de ouro” — como descreveu um membro da equipa — Stephen Hawking separou-se da sua cadeira durante 90 minutos, num voo de avião que incluiu instantes de 25 segundos em que o seu peso foi anulado, permitindo que levitasse.

"Foi espetacular," confessou o físico britânico num comunicado. "Poderia ter continuado durante horas — espaço, aqui vou eu!"

Organizado pela Zero Gravity Corporation, o voo descreveu um percurso semelhante ao de uma montanha-russa, criando condições para anular o peso do corpo no topo de cada arco descrito — um método utilizado para preparar astronautas para viagens espaciais. Uma cabine almofadada, equipamentos para monitorizar os batimentos cardíacos e a tensão arterial, quatro médicos, e uma enfermeira ajudaram a garantir que autor de Breve História do Tempo não correria qualquer perigo.

Vítima de esclerose lateral amiotrófica, Hawking viu-se precocemente paralisado e mudo. Contudo, servindo-se de movimentos oculares e de um sintetizador de voz, disse à Associated Press, antes do voo, “será uma grande alegria não ter peso por uns instantes.”

Hawking deixou claro que esta era mais do que uma experiência pessoal.

“A vida como a conhecemos está cada vez mais perto de ser varrida da face da Terra por um desastre, seja o aquecimento global, uma guerra nuclear, um vírus geneticamente alterado, ou outra ameaça qualquer”, afirmou num comunicado. “Acho que a espécie humana estará condenada se não partir para o espaço.”

Continuar a Ler