Espaço

Dê Uma Vista de Olhos ao Interior da Casa Destinada a Marte

A casa alimentada a energia solar tem seis quartos, uma casa de banho de compostagem, wi-fi com um atraso de 20 minutos e regras bastante rigorosas.Por Nadia Drake

Por Nadia Drake
Seis membros da equipa passaram um ano na Marte simulada, uma missão que incluía usar fatos espaciais de cada vez que deixavam a casa.

30 agosto 2016

Para a maioria das pessoas, passar um ano com cinco estranhos numa pequena redoma a dois terços da subida de um vulcão havaiano não é nada apelativo. Mas para os seis membros da equipa do projeto de Exploração Análoga e Simulação de Exploração Espacial do Havai (HI-SEAS), o habitat de Marte simulado não foi assim tão mau.

A 28 de agosto, a equipa do HI-SEAS saiu da redoma de Mauna Loa pela primeira vez num ano. Aí, viveram, trabalharam, sofreram e resolveram problemas juntos, emergindo do seu isolamento voluntário preparados para reingressar no planeta que deixaram para trás, em teoria se não na prática.

Dentro do habitat de 111 metros quadrados, lidaram com atrasos de 20 minutos nas comunicações, abastecimento de água limitados e algumas regras da casa. Mas como vimos em visitas recentes, este habitat luxuoso das esperanças para Marte. Se esta casa de dois andares estivesse à venda no mercado terrestre, seria uma pechincha, considerando que o quarto, comida e utilitários são todos de graça.

ver galeria

Esta é uma casa surpreendentemente espaçosa, totalmente mobilada, com seis camas e uma casa de banho, a maior do bairro (nunca verá nem ouvirá os seus vizinhos). O chão alcatifado tem um teto abobadado, uma cozinha com uma ilha, uma despensa espaçosa, um laboratório científico, um espaçoso escritório e instalações para prática de exercício incluindo uma bicicleta fixa, uma passadeira, uma barra de elevações, corda e escadas.

No topo dessas escadas estão seis pequenos quartos, cada um deles com um teto abobado. Dispostos num semicírculo aconchegante, os quartos são grandes o suficiente para duas camas individuais e um poliban.

Por falar em amigo do ambiente, esta casa em redoma é totalmente alimentada por energia solar – e quando o sol não consegue brilhar por entre as nuvens omnipresentes de Mauna Loa, existe uma bicicleta de exercício que pode carregar as baterias. (Bónus! Mantém-se em forma.)

Para além disso, a vista é incrível: olhe sobre campos de lava ligeiramente inclinados e, num dia limpo, pode ver (mais ou menos) o vulcão do lado. Já falámos dos pátios? São praticamente infindáveis e propícios à exploração, caso não se importe de usar um fato espacial com 27 quilogramas enquanto dá uma volta por lá e ocasionalmente sob rochas realmente afiadas.

Existem zonas de arrumação em cada acesso, perfeitos para armazenar roupas para materiais perigosos, fatos espaciais e bastões para caminhadas, para além das botas sujas usadas durante a exploração das grutas e tubos de lava.

No interior, as comodidades são as indicadas – nada de mais e seguramente, nada espartano. A cozinha está equipada com uma máquina de café, uma torradeira, chaleiras elétricas e chapas elétricas para cozinhar. Existe uma máquina de lavar e de secar no local, para além de baldes e um estendal para lavar à mão e secar ao sol.

A despensa está cheia de bebidas energéticas, vinho em pó e enormes latas de comida seca que podem durar anos. Couve fresca, rabanetes e flores silvestres estão disponíveis às vezes e existe um livro de culinária da “Joy of Cooking” que ajuda a criar os pratos perfeitos com os ingredientes disponíveis.

Ansioso por um entretenimento? A sala de estar tem uma prateleira de livros cheia de guias de língua russa, dvds, quebra-cabeças e puzzles astronautas e jogos de tabuleiros, para uma noite louca na montanha com os seus cinco colegas de casa preferidos. Existe também uma instalação de realidade virtual onde pode explorar 30 ambientes diferentes, para além de criar a sua própria escapadela.

Finalmente, o wi-fi já vem instalado. Apesar de um atraso desagradável de 20 minutos, pode enviar emails, mensagens de texto e de vídeo, graças à Comcast, sendo livre. Ah e não se esqueça da TARDIS: também existe, apesar do sinal que diz “fora de serviço”. Se é verdade ou não, é preciso ter a certeza, mas nunca precisa sair de casa, a não ser para ir caminhar pelos pátios fantásticos, então porquê preocupar-se?

Esta casa é a certa para si se é um não fumador, se está em boa forma física, achar a comida enlatada uma delicia, se desejar registos ocasionais por parte dos investigadores preocupados com os seus níveis de stress e bem-estar e não se importa com o barulho provocado pelos colegas de casa e os testes de munições que acontecem por perto. Para além disso, tem que estar disponível para reciclar a sua própria urina, que pode ser uma característica incluída no próximo ano ou noutro.

Não se candidate se é um aficionado do sofá, se pensa que a Terra é plana, detesta ciências e não quer ser um rato de laboratório de Marte.

Candidatar-se em grupo? Não o façam. Os donos da casa vão combinar colegas de casa para maximizar a compatibilidade, eficiência e realização de tarefas, baseando-se na sua candidatura e entrevistas subsequentes. Lembre-se também que convidados para passar a noite não são permitidos – na realidade, não são permitidos convidados de qualquer espécie. Também não lhe será permitido deixar a propriedade a menos que o seu tempo chegue ao fim, mas porque quereria sair?

O tempo de estadia é de oito meses, sem precisar de precisar de um depósito, com vagas disponíveis tanto em 2017 como em 2018. Candidate-se hoje!

Siga Nadia Drake no Twitter.

Continuar a Ler