Estranho, Mas Verdade

Baleia-Corcunda

Acredita-se que as baleias-corcunda cantem para comunicar umas com as outras e para atrair potenciais parceiros. Wednesday, May 9

Por National Geographic

Nome comum: Baleia-corcunda  
Nome científico:  Megaptera novaeangliae
Classe: mamíferos 
Dieta: omnívoros
Nome coletivo: grupo social
Tamanho: 14 a 19 metros
Peso: 40 toneladas

Classificação na Lista Vermelha da UICNPOUCO PREOCUPANTE

Conteúdo National Geographic em parceria com a McDonald's

A National Geographic e a McDonald’s unem-se numa parceria criando uma nova coleção de Happy Meal com os animais do mundo selvagem. O programa, composto por 12 peluches National Geographic, exclusivos no Happy Meal, convida as crianças a aprender mais sobre os diferentes animais, partilhando factos reais e surpreendentes da história e comportamentos da sua espécie.
Do tigre-de-bengala ao majestoso pinguim-imperador, são muitos os animais e os factos por explorar numa verdadeira e divertida aventura pela selva!
 
Mais curiosidades sobre a história da baleia-corcunda e dos restantes animais em forma de peluche, exclusivos no Happy Meal, nos restaurantes McDonald’s.

SOBRE A BALEIA-CORCUNDA

As baleias-corcunda são conhecidas pelos seus cantos encantados, que viajam grandes distâncias através dos oceanos de todo o mundo.

O CANTO DA BALEIA

Estas sequências de gemidos, uivos, gritos e outros barulhos são bastante complexas e permanecem audíveis, muitas vezes, durante horas a fio. Os cientistas estão a estudar estes sons para decifrar o significado dos mesmos. O mais provável é que as baleias-corcunda cantem para comunicar umas com as outras e para atrair potenciais parceiros.

COMPORTAMENTO E PARENTALIDADE

Podemos encontrar estas baleias perto de zonas costeiras, alimentando-se de pequenos crustáceos semelhantes a camarões, de plâncton e de pequenos peixes. As baleias-corcunda migram anualmente das áreas de alimentação perto dos polos onde estão no verão para as águas quentes mais próximas do Equador, ideais para reprodução, no inverno. As mães e respetivas crias nadam juntos, muitas vezes tocando-se com as barbatanas, no que parecem ser gestos de afeto. As fêmeas amamentam as suas crias durante quase um ano, embora demore muito mais até que uma baleia-corcunda atinja a idade adulta. As crias não param de crescer até terem dez anos de idade.

NADAR E SALTAR

As baleias-corcunda são nadadoras poderosas e usam a enorme barbatana caudal (em inglês, fluke) para se impulsionarem na água e, por vezes, fora de água. Estas baleias, tal como outras, regularmente saltam até à superfície, aterrando na água com um grande estrondo. Os cientistas não conseguem afirmar se este comportamento tem alguma finalidade, como por exemplo limpar as pragas de pele, ou se as baleias o fazem simplesmente por diversão.

ver galeria
Continuar a Ler