Página do Fotógrafo

Adam Clark

Um esquiador professional de freeskiing, uma vertente extrema da modalidade, lança-se de um cume na estância de esqui de Nevados de Chillán, responsável por um projeto que promove a prática de esqui fora de pista de forma responsável. A participação no programa é livre e é pedido aos esquiadores que assinem um contrato de práticas seguras e disponibilizem a respetiva informação médica.

GIRDWOOD, ALASCA Mais indicada para: esquiadores tipo cão de caça com uma predileção pelos caminhos não trilhados, com aversão ao glamour. Antiga cidade mineira de extração de ouro, esculpida à saída da floresta no sopé das afamadas montanhas Chugach, Girdwood reinventou-se e transformou-se na melhor cidade de esqui do Alasca. Os hippies e vagabundos do esqui vieram em bandos nos anos 70 e, não obstante a existência de um hotel de luxo na base da área de esqui, o seu ambiente descontraído de fronteira mantêm-se intacto. Muitas estradas não são alcatroadas e a escolha de moda mais popular são as roupas da Carhartt. Situada 64 km a sul de Anchorage (e do seu aeroporto internacional), a vida neste humilde lugarejo de 2000 pessoas gira à volta do esqui e do snowboard. O Alyeska Resort está na subida da montanha a partir de uma das pontas da cidade, e é a maior área de esqui do Alasca. Tem seis teleféricos, dois tapetes rolantes, e um elétrico para sessenta pessoas que sobe pela íngreme encosta norte da montanha, que está virada para o oceano. A linha do bosque é mais baixa nas regiões tão a norte, e isso faz com que a metade superior da montanha seja uma região alpina de espaços abertos, mais parecida com os terrenos abertos dos alpes do que com um típico resort americano. Existem amplas pistas azuis e algumas pistas para iniciados perto do sopé, mas são os especialistas que conseguiram usufruir mais da montanha. Se não o assusta um pouco de caminhada dentro dos limites do terreno, as cordilheiras perto do pico de Alyeska têm uma variedade de descidas vertiginosas. Como seria de esperar no Alasca, não se vêm multidões. Na área do sopé de Alyeska, existe também disponível um serviço de heli-skiing e de cat-skiing, de uma verdadeira empresa Chugach. A melhor altura para visitar é em março, quando temos uma média de 12 horas de luz solar, apesar de os teleféricos continuarem a funcionar durante todo o mês de abril e nos dias de semana de maio. Pergunte a um habitante local: Elyse Saugstad é um nativo de Girdwood, um esquiador profissional e o campeão mundial de freeride de 2008. Aqui estão as suas recomendações. Onde ficar: O Alyeska Hostel fica perto do resort e é perfeito para quem tenha um orçamento mais reduzido. O que lhe falta em floreados, compensa em conteúdo. Existe desde 1980 e tem muita história. O Hotel Alyeska pertence ao dono do resort e é uma escolha mais requintada. É muito agradável, tem excelentes refeições e até o acordam para ver a aurora boreal. É só sair do hostel e entrar no elétrico. Melhores sítios para comer: Coast Pizza, que fica na entrada de Girdwood, serve rapidamente fatias de tarte e tem algumas das melhores sandes grelhadas das redondezas. O Double Musky Inn é um restaurante de cozinha Cajun para pessoas que gostam de comer carne. Não só os filetes são do tamanho da sua cabeça, são também cozinhados na perfeição. E o gumbo é divinal. Realmente divinal. Melhor sítio para o après-ski: The Sitzmark, que fica no sopé da montanha, é o bar de esqui clássico que sobreviveu a todas as mudanças do resort ao longo dos anos. É a mistura perfeita de comida, bebida e música ao vivo, num visionamento constante de filmes de esqui nos ecrãs de televisão, e um solário fantástico para quando o tempo aquece na primavera. Melhor atividade para o dia de descanso: dirija-se a Anchorage — a “cidade” do Alasca — que tem um grande número de opções e fica apenas a 45 minutos de distância. A pista de esqui clássica de Girdwood: experimente a encosta norte da queda Christmas até ao sopé. É o treino de pernas mais intenso do século, especialmente em dias de neve em pó, o que acontece com alguma frequência tendo em conta a quantidade de neve que cai em Alyeska.

loading

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados