O Génio Não Tem Idade

A National Geographic e o coletivo Lata 65 convidam a fazer da sua rua uma Genius: Picasso's Street.Monday, April 30, 2018

Por National Geographic
Grupo de idosos que participaram na iniciativa "Genius: Picasso's Street", da National Geographic e do coletivo Lata 65.

A National Geographic e o coletivo Lata 65 aliaram-se no projeto “Genius: Picasso’s Street” que, inspirado na série televisiva "Genius: Picasso", vem através da arte urbana contestar os preconceitos da sociedade, desafiando-a a olhar para a Terceira Idade com outros olhos, deixando para trás todos os estereótipos.

#GénioNãoTemIdade é o mote da iniciativa que convidou cerca de 25 idosos de várias instituições com o objetivo de mostrar a todos que nunca é tarde para continuar a criar, numa clara inspiração daquele que foi considerado um dos maiores artistas do século XX, e que até aos 91 anos de idade criou obras de arte reconhecidas em todo o mundo.

Em Lisboa, esta iniciativa contou com a ajuda de três artistas de Street Art portugueses, Adrião Resende, João Samina e Tamara Alves que, juntamente com estes idosos, criaram um painel de graffiti numa rua muito especial que já pode ser visitada no Lx Factory.

ver galeria

O Estado Atual... e o Desafio

Em Portugal, 26 mil idosos vivem sozinhos e mais de 4 mil vivem isolados. Cerca de 40% da população com mais de 65 anos encontra-se sozinha durante oito horas ou mais por dia. Cerca de 25% da população com mais de 65 anos vive sozinha.

Segundo dados estatísticos do INE, o número de idosos passará de 2,1 para 2,8 milhões entre 2017 e 2080. Com o decréscimo da população jovem, a par do aumento da população idosa, o índice de envelhecimento mais do que duplicará, passando de 147 para 317 idosos por cada 100 jovens em 2080, em Portugal.

É, desta forma, feito o desafio à população portuguesa para que reconheça que a Terceira Idade é capaz de criar, inovar, produzir e reflectir de forma inspiradora. O objetivo final é que este tipo de ações de integração na sociedade seja alargada a mais cidades de norte a sul do país, e não apenas na pintura. A escultura, a música, a leitura e outras áreas criativas são campos que podem ser explorados para que a integração seja mais "cuidada".

Foi Criado um Manifesto

Há uma rua onde a idade não pesa, liberta.
Onde as rugas não são marcas, são histórias com vinco.
Onde as mãos não perdem a força, ganham coragem para fazer mais.
Onde a solidão não chega, sacode-se com a tinta dum pincel.
Onde a juventude não tem prazo, tem apenas espírito.
Onde a vida não é de pavio curto, é de vista longa.
Onde a velhice não é uma sombra, é uma cor cheia e feliz.
Uma rua onde a idade não impõe as regras, quebra-as.

Essa rua pode ser a sua.
#GénioNãoTemIdade

O Coletivo Lata 65

Lata 65 é um projeto da arquiteta Lara Seixo Rodrigues que ensina arte urbana a idosos, sendo já conhecido por colocar idosos a grafitar em Portugal, Brasil, Espanha e Estados Unidos.

Este coletivo tem como missão aproximar os mais velhos a uma forma de expressão artística que é associada aos mais jovens: a arte urbana. No entanto, nem só de diversão se trata este projeto. Um dos objetivos principais do Lata 65 é também contrariar o estigmas e preconceitos para com a Terceira Idade, quer estes partam de ”nós” ou “deles”.

Continuar a Ler