História

17 Grandes Exploradores Portugueses

Estará a era das explorações a regressar?Friday, February 8, 2019

Por National Geographic

Aproveitando que Colin O'Brady completou a 26 de dezembro a 1ª travessia não assistida da Antártida, relembramos alguns dos exploradores portugueses mais importantes para a história de Portugal, e do Mundo.

JOÃO GONÇALVES ZARCO

Foi um navegador e explorador português que, em 1418 descobriu a ilha de Porto Santo, e em 1419, a Ilha da Madeira. Em 1450 foi escolhido pelo Infante D. Henrique para administrar a Madeira.

João Gonçalves Zarco, Descobridor da Madeira, cópia do retrato que está no palácio de S. Lourenço no Funchal.

GIL EANES

Este nome tão conhecido pertenceu a um navegador português, natural de Lagos, o primeiro a navegar para além do Cabo Bojador, em 1434. Este acontecimento veio acabar com os mitos de monstros marinhos que viviam naquele cabo e que afundavam embarcações.

DIOGO GOMES

No século XV, este explorador português ficou conhecido por explorar o estuário de Gâmbia. No entanto, Diogo Gomes alegou ter descoberto a ilha de Santiago em Cabo Verde. Este feito nunca foi comprovado.

FERNÃO GOMES

Fernão Gomes foi um comerciante e explorador português que entre 1469 e 1475 explorou a costa da Guiné e o comércio da Pimenta-da-Guiné.

LOPO GONÇALVES

Lopo Gonçalves, navegador e explorador português do século XV, explorou a costa de África, sendo que o Cabo Lopez se chamou Cabo Lopo Gonçalves em sua honra. Este explorador é tido como o primeiro a cruzar a linha do equador e a chegar ao Hemisfério Sul.

DIOGO CÃO

Nascido em Vila Real em data desconhecida, foi um navegador do século XV que, entre 1482 e 1484 chegou e explorou o estuário do Rio Congo. Aí, deixou um Padrão de pedra, substituindo as habituais cruzes de madeira e subiu 150 km a montante do rio até às cataratas de Yellala.

BARTOLOMEU DIAS

Este é um dos navegadores e exploradores portugueses mais célebres, por ter sido o primeiro europeu a navegar para além do extremo sul da África, contornando o Cabo das Tormentas, depois chamado Cabo da Boa Esperança, e chegando ao Oceano Índico a partir do Atlântico, abrindo, assim, o caminho marítimo para a Índia, entre 1487 e 1488.   

Bartolomeu Dias

PÊRO DA COVILHÃ

Diplomata e explorador, viajou por terra em busca do reino do mítico Preste João, na Etiópia. Aí, tornou-se conselheiro da rainha Helena, que ocupou o trono do Reino de Preste João.

JOÃO FERNANDES LAVRADOR

Este explorador português foi quem descobriu a parte do Canadá que se chama Labrador, em sua honra. Este descobrimento deu-se durante uma viagem à Gronelândia, juntamente com Pêro de Barcelos.

VASCO DA GAMA

Vasco da Gama após a sua viagem à Índia.

Talvez o mais conhecido dos navegadores e exploradores portugueses, comandou a primeira frota a contornar África e chegar a Calcutá na Índia. Ainda mais espantoso do que lá chegar, foi conseguir regressar. Esta viagem deu-se entre 1497 e 1499.

GASPAR CORTE-REAL

Este navegador foi o descobridor acidental da Gronelândia, quando em 1500, o Rei D. Manuel I o enviou à descoberta de uma passagem noroeste para a Ásia. Na verdade, a Gronelândia já havia estado sob o domínio Norueguês, que, entretanto, entrou em declínio com a Peste Negra. A Gronelândia, por um tempo, chamou-se Terra dos Corte-Real.

PEDRO ÁLVARES CABRAL 

O navegador, explorador e colonizador por excelência, foi o descobridor do Brasil, quando aportou em Porto Seguro, em 1500, enquanto tentava chegar à Índia. Pedro Álvares Cabral é considerado uma das figuras centrais da Era dos Descobrimentos.

DIOGO ZEIMOTO

Navegador e aventureiro português, foi um dos dois primeiros europeus a chegar ao Japão, com Cristovão Borralho, em 1542. É atribuída a Zeimoto a introdução de armas de fogo no Japão.    

FRANCISCO JOSÉ DE LACERDA E ALMEIDA 

Um dos maiores viajantes exploradores portugueses do século XVIII que percorreu grande parte da América do Sul, ao longo de 10 anos, por linhas fluviais, demarcando fronteiras entre o Brasil e a América espanhola. Atribui-se-lhe ainda a primeira tentativa de travessia de África, tendo percorrido parte de Moçambique e da atual Zâmbia.

HENRIQUE AUGUSTO DIAS DE CARVALHO

Foi um dos exploradores portugueses do século XIX. O seu reconhecimento vem da viagem realizada a Angola, onde não só fez um levantamento como uma divulgação da geografia e cultura da região. A cidade de Saurimo, atual capital de Lunda, chamou-se Vila Henrique de Carvalho.    

SACADURA CABRAL

De seu nome Artur de Sacadura Freire Cabral, foi um aviador, oficial da marinha e explorador português. Juntamente com Gago Coutinho, fez a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, entre 30 de março de 1922 e 17 de junho de 1923. Faleceu um ano mais tarde, algures pelo Mar Norte, num desastre de avião, enquanto voava rumo a Lisboa.

JOÃO JOSÉ SILVA ABRANCHES GARCIA

Montanhista português, tornou-se o décimo alpinista do mundo a ascender às 14 montanhas com mais de 8000 metros existentes no planeta, sem recurso a oxigénio artificial e sem carregadores de altitude, quando em 17 de abril de 2010 atingiu o cume do Annapurna (8091 metros), a última dessas 14 montanhas que lhe faltava.

Também já ascendeu aos "Seven Summits" (Sete cumes). A ascensão que lhe trouxe mais fama foi a escalada ao Monte Everest (8848 metros), tendo sido o primeiro português a alcançar o seu cume, no dia 18 de maio de 1999.

 

Será que os exploradores portugueses continuam a inspirar aventureiros como estes que completaram a travessia da Antártida?

Continuar a Ler