CONTEÚDO PATROCINADO PARA​

nespresso logo
 ...

Os efeitos das alterações climáticas no café da Colômbia

Na província de Caldas, na Colômbia, os pequenos produtores de café vivem sob constante ameaça devido às alterações climáticas, a uma população de produtores envelhecida e ao êxodo dos mais jovens para as cidades. Mas há esperança no horizonte.

Texto de Jack Neighbour

FOTOGRAFIA DE RENA EFFENDI

Transmitir um legado de café



Alba Maria, matriarca de uma família multigeracional de produtores de café em Caldas, na Colômbia, seleciona cuidadosamente apenas as cerejas de café maduras e vermelhas dos seus grãos de café Arábica da melhor qualidade. Ainda que exista uma perspetiva alargada sobre o mundo que leva os jovens a deslocarem-se para as cidades em busca de melhores oportunidades de carreira, Alba Maria mantém-se otimista de que a segurança financeira trazida pelo Programa AAA Sustainable Quality da Nespresso irá ajudar a fazer com que a sua filha dê continuidade às tradições de longa data que a família tem na cultura do café.

Fotografia de Rena Effendi

Proteger o sustento da família

Para Alba e para a sua família, a produção de café é o que define o seu modo de vida. A variedade Arábica tem um enorme significado cultural, representando uma linhagem emocional que leva esta tradição e paixão a serem passadas de geração em geração. No entanto, o equilíbrio é delicado, já que o café tem de continuar a ser uma forma viável dos produtores sustentarem as suas famílias. Uma única colheita perdida pode retirar-lhes o rendimento de meio ano. A participação em programas de apoio, como o AAA da Nespresso, proporciona um plano de seguros de colheitas personalizado que indemniza produtores como a Alba caso aconteça o pior. Estes planos são parte integrante de soluções de apoio contínuo implementadas para ajudar os produtores a modernizarem-se sem perderem a alma do seu ofício.

Fotografia de Rena Effendi

A tradição é preservada pelo jovens

O marido de Alba mostra à sua neta os cachos de cereja de café em pormenor. A sua quinta em Caldas tem 7200 árvores, exatamente o mesmo número que Alba herdou dos avós. Agora, quer que seja a neta a herdá-las. O facto do cultivo de café estar a tornar-se um ofício financeiramente mais seguro, além de ser uma herança cultural, poderá encorajar as gerações mais jovens, como a neta de Alba, a virem a assumir a responsabilidade um dia, permitindo que as tradições de várias gerações lhe sejam passadas a ela.

Fotografia de Rena Effendi

Trabalhar rumo a um futuro mais seguro

Em Aguadas, no norte de Caldas, no topo das montanhas dos Andes, Don Fabio e a esposa, Maria Lindelia, também dedicam a sua vida à produção de café com uma qualidade excecional. Estão entre os 1500 membros da Cooperativa de Produtores de Café de Aguadas que decidiram trabalhar com a Nespresso numa tentativa de viverem mais condignamente quando já não puderem trabalhar nas suas plantações. Um fundo de pensões coletivo garante que o casal tem um rendimento depois de se reformar de uma vida de trabalho árduo.

Fotografia de Rena Effendi

Em Aguadas, celebra-se o café

Envolta pela bruma, na cidade andina de Aguadas, o café das quintas de todas as montanhas circundantes é recolhido e entregue na cooperativa local através do único meio de transporte, os autocarros chiva. Enfeitados com cores vivas e esplendorosas, estes veículos tradicionais refletem o estado de espírito da cidade quando chegam repletos de famílias com o seu café. Este evento é visto como uma celebração, um sinal de vivacidade e alegria, além de ser uma oportunidade para encontrar os amigos que vivem um pouco mais afastados da cidade.

Fotografia de Rena Effendi

A arte do café de qualidade

Os coloridos autocarros chiva são uma imagem habitual na província de Caldas. Como é fácil de ver, estes veículos desfilam como galerias de arte itinerantes, enfeitados com murais de cores vivas, muitas vezes adornados com símbolos religiosos, com Jesus, anjos, santos ou a Nossa Senhora, pintados na traseira para proteger as famílias e o precioso carregamento de café.

Fotografia de Rena Effendi

Muitas mãos constroem um futuro brilhante

Uma mudança positiva está a tomar forma na ondulante e verdejante paisagem de Caldas. O esforço de colaboração entre a Nespresso e os produtores de café começa a assegurar o futuro da bebida que saúda o mundo todas as manhãs. Onde antes um período de condições atmosféricas adversas era capaz de devastar, quase por completo, um ano inteiro de trabalho, os planos de seguros garantem que os produtores são pagos pelo seu esforço e dedicação. É menos provável que as gerações mais jovens abandonem a região em busca de melhores condições de vida. O local onde nasceram tem tudo isso para lhes oferecer e permite-lhes dar continuidade a esta herança recuperada, agora transmitida com satisfação pelos mais velhos, que se podem reformar em segurança, sabendo que o trabalho de uma vida continuará em boas mãos.

Outras histórias de café aqui.

Fotografia de Rena Effendi

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registrar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados