Os Animais Ameaçados e os Seus Habitats (Materiais Educativos)

Porque é que alguns animais se encontram em risco de extinção?Monday, November 6

Por National Geographic
ver galeria

Síntese das Atividades

Os alunos usam imagens de animais ameaçados ou extintos da Photo Ark (Arca das Fotografias) para fazerem uma pesquisa sobre quais são os perigos que afetam a existência dos animais. Usam a informação obtida para desenhar os habitats destes animais e investigar as ligações entre os habitats, os ecossistemas e a sobrevivência ou extinção dos animais.

Duração: 50 minutos
Escolaridade: 3.º a 5.º
Idades: 8 a 11 anos

INSTRUÇÕES

1. Crie interesse nos alunos mostrando-lhes fotografias.

Enquanto os alunos observam um conjunto de fotografias de animais, incentive-os a pensar sobre o que terão em comum os animais. Vá passando as fotografias. Pare durante vários segundos em cada uma. Pergunte: O que é que todos estes animais têm em comum? (Resposta: Estão todos em perigo de extinção ou já estão extintos.)

Convide alguns alunos a partilharem as suas ideias, que, provavelmente, serão bastante variadas. Explique-lhes que existem poucos animais destas espécies a viverem nos seus habitats naturais.  São considerados animais ameaçados — alguns mais seriamente do que outros.

Diga aos alunos que poderão ler ou ouvir dizer que as espécies ameaçadas são consideradas «vulneráveis», «em perigo» ou «em perigo crítico». Os termos aplicam-se diferentes níveis de populações que vivem nos habitats naturais, mas todos eles estão em perigo de extinção.

2. Atribua animais aos alunos e peça-lhes para desenharem os respetivos habitats.

Diga aos alunos que irão investigar, e depois desenhar, os habitats ou antigos habitats de espécies ameaçadas ou extintas. Pergunte: Quais são as principais componentes de um habitat? O que é que todos os animais precisam de ter para viver e prosperar? (Resposta: Os animais precisam de ter abrigo, água, comida e espaço nos seus habitats. NOTA: Poderá desejar discutir a palavra «prosperar».) Divida os alunos em pequenos grupos. Dê a cada grupo uma cópia impressa de uma das fotografias dos animais. 

Incentive os alunos a pesquisar informações sobre os animais em livros e na Internet. Depois de os alunos descobrirem onde vivem ou viviam os animais que lhes foram atribuídos, dê-lhes tempo para fazerem os desenhos dos habitats.

3. Inicie uma conversa sobre ecossistemas.

Diga: Um ecossistema é uma área geográfica onde as plantas, os animais e outros organismos, em conjunto com o clima e a paisagem, formam uma «bolha» ou comunidade de vida. Todas as componentes de um ecossistema dependem umas das outras, seja direta ou indiretamente. Por exemplo, uma mudança na temperatura de um ecossistema afeta as plantas que podem crescer no local. Para sobreviverem, os animais que dependem dessas plantas para a se alimentarem e terem abrigo terão de se adaptar às alterações ou mudar para outro ecossistema. Para que os animais prosperem, o seu ecossistema tem de ser equilibrado.

Peça aos alunos para identificarem nos seus desenhos diferentes tipos de ecossistemas. Pergunte: Quais são os acontecimentos que podem afetar o equilíbrio de um ecossistema? (Resposta: O equilíbrio pode ser afetado por mudanças no clima ou na temperatura, pela introdução de diferentes plantas ou animais (não nativos ou invasores), pela poluição, pela utilização da terra por parte dos humanos ou pela caça). Se os alunos precisarem de ajuda e de ideias para responderem a esta pergunta, faça outras perguntam que levem os alunos a ativar conhecimentos prévios:

     - Como poderão os humanos afetar o ecossistema de um oceano?  (poluição, pesca em excesso)
     - De que forma poderá a construção de um novo campo de golfe afetar o ecossistema de uma floresta (destruição de habitats para utilização das terras por parte dos humanos)
     - De que forma poderá a caça de leões afetar o ecossistema de uma savana? (perturbação do equilíbrio entre populações de predadores e presas)

4. Coloque os alunos a pesquisarem causas de extinção dos animais.

Os alunos usarão as suas fontes de pesquisa para procurarem as razões por que os animais que lhes foram atribuídos estão em perigo. Diga-lhes para pensarem nas mudanças que terão ocorrido no habitat ou ecossistema dos animais. Incentive os alunos a completarem os respetivos desenhos de forma a incluírem a representação de algo que tenha ameaçado a existência dos animais.

5. Avaliação dos alunos em apresentações informais.

Peça a cada grupo para indicar qual é o animal que lhe foi atribuído, explicar o desenho que fez e falar sobre algumas das razões por que o animal em causa está ameaçado. Incentive os alunos a fazerem perguntas uns aos outros. Faça perguntas sobre a relação entre o animal e o respetivo ecossistema quando os alunos fizerem as apresentações.

Avaliação Informal

Enquanto os grupos apresentam informalmente as pesquisas que fizeram, avalie as relações que estabeleceram entre o estatuto de animais ameaçados e as perturbações sofridas pelo habitat e ecossistema. Faça perguntas complementares para os ajudar a tornar explícitas estas relações.

Enriquecimento da aprendizagem

Peça aos alunos para criarem uma lista de ideias sobre formas de os humanos poderem ajudar os animais a deixarem de estar ameaçados. Poderá pedir aos alunos para criarem cartazes que promovam a proteção de espécies ameaçadas.

OBJETIVOS

Disciplinas e áreas de estudo

     - Geografia
        Geografia Física

     - Ciências
        Biologia
        Zoologia

Objetivos de Aprendizagem

Os alunos deverão:

     - fazer pesquisas num conjunto variado de fontes;
     - estabelecer relações entre perturbações dos ecossistemas e causas que contribuam para que as espécies se encontrem ameaçadas;
     - partilhar as pesquisas e as reflexões oralmente e por meio de expressão artística.

Abordagem didática

     - Aprendizagem prática

Metodologia de ensino

     - Aprendizagem cooperativa
     - Pesquisa

PREPARAÇÃO

·Material necessário e documentos de apoio

Materiais entregues pelo professor

     - Materiais de desenho variados
     - Textos informativos sobre habitats, ecossistemas e extinção adequados ao ano de escolaridade

Imagens

     - Os animais ameaçados e os seus habitats

Recursos informáticos necessários

     - Acesso à Internet: necessário
     - Configurações técnicas: um computador para cada grupo, impressora

Espaço físico

     - Sala de aula

Configuração

Assegure-se de que a sala está disposta de forma a permitir o trabalho de pequenos grupos. Os grupos deverão poder movimentar-se facilmente para poderem fazer investigação no computador e desenhar os habitats.

Formação dos grupos

     - Grupos heterogéneos

Conhecimentos prévios e vocabulário

·Informação prévia

Um habitat é o local onde uma planta, um animal ou um fungo vivem. O habitat de um organismo tem todas as condições ambientais para a sua sobrevivência. Para um animal, isto significa recursos para encontrar e obter comida, selecionar um parceiro e reproduzir-se com sucesso.

Um ecossistema é uma comunidade de todas as coisas vivos — e algumas não vivas, como o clima e a paisagem — de um local. Num ecossistema, tudo está ligado. Um exemplo claro é a relação predador-presa. Um exemplo menos óbvio pode ser a temperatura de água ideal e a sobrevivência de um recife de coral. Todas as componentes de um ecossistema estão direta ou indiretamente dependentes umas das outras. Uma alteração num ecossistema, mesmo que mínima, causa um efeito dominó.

O termo «ameaçado» não é uma categoria específica. É um termo abrangente que a UICN (União Internacional para a Conservação da Natureza) usa para englobar os três níveis mais preocupantes: vulnerável, em perigo e em perigo crítico. Uma espécie classificada como vulnerável enfrenta ameaças na natureza, como a perda de habitat e a caça furtiva, que podem levar a que entre em extinção. As populações das espécies em perigo estão em declínio acentuado e em risco de extinção devido a vários fatores, como a poluição, a desflorestação e a caça. As espécies em perigo crítico são aquelas que estão quase extintas em ambiente natural. O número de espécimes existentes tornou-se tão reduzido que precisam de ajuda dos conservacionistas para se reproduzirem e para que toda a espécie seja viável.

A interação entre os animais e os ecossistemas é essencial para que o planeta se mantenha saudável para todos nós. Mas, para muitas espécies, o tempo está a esgotar-se. O fundador da Arca de Fotografias (Photo Ark) e fotógrafo da National Geographic Joel Sartore visitou 40 países nesta demanda para criar um arquivo de fotografias da biodiversidade global. Até à data, já fez o retrato íntimo de mais de 6000 espécies.

O Photo Ark da National Geographic é um projeto que assume o compromisso de documentar todas as espécies em cativeiro — para inspirar as pessoas não só a preocupar-se, mas também a ajudar a proteger estes animais para as gerações futuras.

Conhecimentos prévios

  • Os alunos deverão ter conhecimentos prévios sobre habitats e ecossistemas.

Vocabulário

Ecossistema - comunidade e interações de seres vivos e não vivos num local

Espécie extinta - organismo que deixou de fazer parte de um ecossistema

Habitat - ambiente onde um organismo vive durante o ano ou durante períodos mais curtos

Fotografia - arte e ciência de produzir imagens paradas ou em movimento por meio do uso da reação química da luz sobre uma superfície sensível, como uma película ou um sensor eletrónico

Predador - animal que caça outros animais para comer

Presa - animal que é caçado e comido por outros animais

 

Websites
Como Salvar Animais Através da Fotografia - Palestra de Joel Sartore no NG Live
Quer Ajudar a Salvar Espécies? Veja os 16 Conselhos de Joel Sartore
Sobre a Exposição do Photo Ark em Lisboa
Instagram: Joel Sartore – Photo Ark

 

Ficha técnica

A ficha técnica dos registos áudio, das ilustrações, das fotografias e dos vídeos encontra-se no recurso em causa, à exceção das imagens promocionais, que, em geral, contêm uma ligação para outra página com a ficha técnica do recurso. O titular dos direitos dos recursos é a pessoa ou o grupo indicado na ficha técnica.

Autora

Jéssica Shea 

Editora

Elaine Larson, National Geographic Society 

Editora de conteúdos

Karen Ang, Editorial Projects, LLC  

Responsável pela verificação das informações

Bob Connelly 

Produtor

Jordan Lim, National Geographic Society 

Autorizações do utilizador

Para consultar a informação disponível relativamente às autorizações do utilizador, leia os Termos e as Condições do Serviço. Caso tenha alguma dúvida relacionada com o licenciamento de conteúdos disponibilizado na nossa página ou pretenda mais informações, contacte-nos através do endereço de e-mail  natgeocreative@natgeo.com. Para questões relacionadas com a forma adequada de citar conteúdo de terceiros, consulte, por favor, a nossa secção de perguntas frequentes (FAQ).

Conteúdos multimédia

Alguns conteúdos multimédia (vídeos, fotografias, gravações áudio e ficheiros PDF) podem ser descarregados e consultados fora do website da Nacional Geographic, de acordo com os Termos e as Condições do Serviço. Se um conteúdo multimédia for passível de ser descarregado, surgirá um botão no seu canto inferior direito.

Texto

O texto presente nesta página pode ser impresso e utilizado de acordo com os Termos e as Condições do Serviço.

Conteúdos interativos

Todos os conteúdos interativos disponibilizados só poderão ser visualizados na nossa página. Não é possível descarregar conteúdo interativo.

 

________________________________________________________

Curioso para conhecer esta exposição? O Photo Ark está na Marina de Vilamoura até 30 de setembro de 2019. É uma atividade para toda a família.

 

Continuar a Ler