Sete Deslumbrantes Maravilhas Naturais na Austrália

Faça uma escapada até quedas de água em cascata, glaciares de marfim e praias prístinas espalhadas por este continente selvagem.sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Visite a suprema maravilha natural, a Grande Barreira de Coral, mas aproveite também para conhecer estas outras paragens irresistíveis.

NOVA GALES DO SUL

 

A Ilha de Lorde Howe é apenas um pequeno ponto no Mar de Tasman, a cerca de um terço do caminho entre a Austrália e a Nova Zelândia. Descubra as enormes montanhas basálticas, que se erguem diretamente do oceano, com as suas falésias escarpadas cobertas de vegetação verdejante e um aspeto típico do Pacífico Sul. A caminhada é colossal e, quase sempre, muito desgastante. Poderá também explorar as impressionantes falésias, e o corrupio de aves marinhas, que se erguem nos céus ao sabor de correntes de ar furiosas. Vá de barco até à Pirâmide de Ball, um estilhaço de rocha aguçado com 6,4 milhões de anos, que irrompe do oceano.

TERRITÓRIO DO NORTE

O Parque Nacional de Litchfield é composto, sobretudo, por alterosas e velozes quedas de água, e por desfiladeiros de rocha vermelha, que se assemelham a uma paisagem do norte do Arizona ou do sul do Utah. Localizado a uma curta viagem de carro da capital do território, Darwin, Litchfield oferece-lhe cisternas luxuriantes, onde poderá mergulhar a admirar as águas que caem sobre os penhascos, pontuados por árvores de um verde intenso e rocha laranja-avermelhada. O parque proporciona uma série de fabulosas caminhadas, que o levarão a bosques magníficos, passando por riachos, até piscinas naturais e cascatas de encantar.

TASMÂNIA

No Parque Nacional de Freycinet, faça uma caminhada de montanha de cortar a respiração, rodeada por picos de granito rosa, e visite uma das mais belas praias de areia branca da Austrália. Freycinet proporciona algumas das caminhadas mais gratificantes da Tasmânia, com trilhos apropriados a todos os níveis de habilidade. O curto trajeto até ao miradouro da baía de Wineglass apresenta algumas dificuldades, mas a vista mais que compensa todo o esforço.

QUEENSLAND

As Whitsundays são das ilhas mais belas do Planeta, com a sua areia branca e ondas de um azul-esverdeado, que rodopiam em padrões ondulantes e hipnóticos. Estas ilhas (são 74 no total, todas no coração da Grande Barreira de Coral) são ótimas para caminhar e explorar. Encontrará praias desertas, bem como alguns dos sítios arqueológicos mais antigos da Austrália. Mas a melhor forma de desfrutar da magnificência destas baías azuis e bancos de areia branca refulgente é de avião.

AUSTRÁLIA OCIDENTAL

As Bungle Bungles (também conhecidas como Purnululu) não só têm um nome incrível, como são também um dos marcos mais notáveis do continente: rochedos enormes, listrados de negro e laranja, que se erguem como gigantescas saliências no meio do deserto, na região mais a noroeste do estado. Os povos indígenas habitaram esta zona durante séculos, mas pouquíssimos não-indígenas tinham conhecimento da existência desta região até aos anos 80. Há fabulosas opções de caminhada, para visitar desfiladeiros e piscinas naturais escondidas. Tenha, contudo, em atenção que este parque natural só está aberto na estação seca, geralmente entre abril e novembro.

VICTORIA

Os Doze Apóstolos são uma extraordinária formação rochosa localizada na Grande Estrada Oceânica, que foi fustigada por chuvas, ventos e marés revoltosas durante milhões de anos. Este ataque cerrado desgastou secções inteiras dos penhascos calcários, deixando apenas estas enormes formações rochosas ao largo da costa, bordejando-a com o seu impressionante brilho dourado.

AUSTRÁLIA MERIDIONAL

Os Montes Flinders situam-se a apenas algumas horas de viagem a norte de Adelaide. Aqui encontrará imponentes paredes rochosas, bandeadas de branco pálido e ocre, que cintilam com a luz do nascer e do pôr do sol, bem como espetaculares desfiladeiros, esculpidos durante mais de 800 milhões de anos. Irá também conhecer uma cultura indígena com cerca de 45 000 anos. Um voo panorâmico é uma ótima forma de ter uma perspetiva geral da região. Poderá ainda experimentar um passeio em todo-o-terreno para conhecer a zona de perto.

Continuar a Ler