A disseminação global do coronavírus está a afetar os viajantes. Mantenha-se atualizado sobre a explicação científica por trás do surto>>

Muito Mais do Que Guinness: O Que fazer em Dublin

Explore a capital da Irlanda, ou Emerald Isle, como lhe chamou William Drennan, uma das melhores viagens para fazer em 2018.

Fotografias Por Kieran Dodds
Publicado 26/03/2018, 17:16 WEST, Atualizado 5/11/2020, 06:02 WET
Fotografia de yktr, Getty Images

Dublin, a capital e maior cidade da Irlanda, é considerada o núcleo comercial e cultural do país. Conhecida pelos seus habitantes amistosos, gastronomia emergente, e arquitetura belíssima, a capital proporciona aos que a visitam mais do que uma magnífica experiência cultural, um deleite sensorial. Aqui, pode-se tomar um uísque num pub acolhedor, explorar o legado literário da cidade na Trinity College, e descobrir os tesouros da Catedral de St. Patrick.

Três Passeios Para Desfrutar de Dublin

Passeio matinal: tire a clássica selfie no Trinity College, antes de subir a Anglesea Street até à marginal do Temple Bar, que poderá percorrer em direção a oeste. Por enquanto, ignore os pubs e concentre-se nas lojas independentes como a Livraria Gutter, a Siopaella e a Indigo & Cloth. Continue o passeio ao longo da Essex Street e em direção a Fishamble Street, onde foi encenada pela primeira vez, em 1742, a afamada obra de Handel, Messiah, uma oratória em 51 movimentos, que pode atingir a marca das duas horas e meia de duração. Volte para trás e atravesse Grattan Bridge rumo a Capel Street, onde poderá saborear uma sopa morna enquanto aprecia arte contemporânea no café Mish.Mash ou um brunch com sabores de Médio Oriente no Brother Hubbard North

Passeio da tarde: não deixe escapar uma das excursões e provas de uísque na Teeling Distillery, uma destilaria de uísque artesanal em Newmarket. De seguida, aproveite um agradável passeio de dez minutos até St. Patrick’s Cathedral , onde poderá contemplar artefactos antiquíssimos, como a máscara fúnebre Jonathan Swift (escritor, panfletário e, mais tarde, reitor da catedral) e vários túmulos. Continue para este, em direção a Aungier Street, aproveitando para comer uma fatia de pizza na Dublin Pizza Company ou um donut na Aungier Danger.

Caminhada noturna: comece por degustar uma pint de cerveja Guinness, no clássico Toner’s, em Baggot Street. Antes de experimentar o charme dublinense do Shelbourne Hotel’s Horseshoe Bar, mergulhe na gastronomia tradicional irlandesa no despretensioso restaurante Etto. Por fim, termine o serão na peculiar e rústica Wexford Street, tomando uma cerveja artesanal no pub Against the Grain e, de seguida, apreciando música ao vivo no Whelan’s.

Onde Ficar

The Dean: quando abriu as portas, em 2014, o The Dean agitou o, então estabelecido, universo dos boutique hotels de Dublin. Algumas opções decorativas parecem um pouco forçadas (como os minifrigoríficos de marca Smeg); nada que as peças de arte irlandesa que decoram o The Dean e a vista do fantástico rooftop bar Sophie’s não compensem.

The Westbury: integrado numa cadeia de hotéis de luxo de gestão familiar, a Doyle Collection, este edifício monumental exibe orgulhosamente as suas cinco estrelas em Grafton Street, apresentando charme e idiossincrasias irlandesas como o chá da tarde, carpetes de lã personalizadas e recentemente um novo restaurante, o simples mas elegante Balfes.

Number 31: A entrada refundida na Leeson Close esconde um dos melhores hotéis de pequenas dimensões de Dublin. O lounge rebaixado e os pequenos almoços de grupo estão entre os pontos fortes deste hotel.

Viaje Com a National Geographic

A National Geographic desenvolveu vários itinerários para os que desejam conhecer a Irlanda, incluindo o mais recente Tales and Treasures of the Emerald Isle, que, em dez dias, se foca nos monumentos mais fascinantes do país.

Continuar a Ler

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registrar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2017 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados