Viagem Ecológica do Mês – Estuário do Sado

Os Golfinhos estão de volta ao Estuário do Sado – esta é a nossa viagem ecológica de abril quarta-feira, 3 de abril de 2019

Por National Geographic

A viagem ecológica deste mês leva-nos até ao Estuário do Sado, em Setúbal, com paragem obrigatória na Comporta, Tróia, nas praias de areal extenso, no Moinho da Murta… e claro, no Rio Sado para ver os Golfinhos que estão de volta!

A Reserva Natural do Estuário do Sado é composta por mais de 23 mil hectares, onde pode encontrar milhares de espécies naturais, vegetais, de aves e até golfinhos. Por estas e outras mais razões, este local é considerado uma zona protegida.

Para além da observação das diversas espécies animais, pode desfrutar de um dia perfeito no Estuário do Sado, através de uma série de atividades – que não são nocivas para a natureza -, tais como canoagem, viagens de barco, passeios a cavalo, de bicicleta ou BTT, entre outras.

À DESCOBERTA DA COMPORTA

Sabe aquele sonho que tinha de andar a cavalo pela praia? É possível, na Comporta! Faça um passeio a cavalo pelas praias da Comporta e usufrua deste paraíso natural limitado pelo Estuário do Sado e por Tróia. Observar o imenso areal, o verde dos campos de arroz, as mais variadas espécies animais e as casas típicas dos pescadores locais, poderá ser o programa romântico ideal a dois ou, até mesmo, um momento único vivido em família.

TROQUE OS CAVALOS POR BICICLETAS OU KAYAKS

Pode conhecer os recantos mais especiais do Estuário do Sado a pedalar. Esta opção mais em conta que os passeios a cavalo, permitem-no apreciar os areais e as incríveis paisagens do Rio Sado, do Oceano Atlântico e da região em si.

Se pretende optar por algo mais aventureiro, pode recorrer ao aluguer de kayaks, uma das maiores atrações da região. Pode conhecer a Vala Real, o principal canal de providência de água da várzea de arroz, a bordo de um kayak.

PELAS ÁGUAS DO SADO

A principal atração do Rio Sado são os Golfinhos – conhecidos por Roazes Corvineiros por roerem as redes de pesca dos pescadores locais e alimentarem-se de corvinas.

São cerca de trinta os golfinhos selvagens que percorrem as águas do rio e fazem deste o seu habitat, sendo uma das três colónias residentes em estuários, em toda a Europa. Pode conhecê-los através de viagens de barco pelo rio Sado e Tróia, que devem ser organizadas por empresas devidamente certificadas e com embarcações autorizadas para estas atividades.

Se é mais adepto de aves, pode sempre aproveitar as viagens de barco pelo interior do Estuário do Sado, para observar as diversas espécies que habitam nesta região.

ARQUITETURA E ARQUEOLOGIA

Para os descobridores natos, pode visitar os locais quase secretos que retratam a história e cultura do Estuário do Sado.

São vários os locais reservados à arqueologia, tais como o concheiro neolítico da Barrosinha, a feitoria fenícia de Abul e os fornos romanos do Pinheiro.

No âmbito da arquitetura, pode observar alguns montes e construções, como as cabanas com telhado de colmo ou os sistemas de moagem, entre os quais se destacam os moinhos de vento (inativos) e o moinho de mará da Mourisca, que foi totalmente restaurado.

 

São várias as atividades que pode fazer durante a sua viagem ecológica ao Estuário do Sado. Deixe-se levar pelas maravilhosas paisagens e locais desta região e parta à descoberta de mais um local único em Portugal.