Viagem e Aventuras

Locais Mágicos Para Ver o Sol da Meia-Noite Este Verão

Desde pores-do-sol intermináveis a caminhadas tardias, estes destinos sabem como celebrar a estação estival.Tuesday, June 4, 2019

Por Valerie Stimac
ver galeria

Enquanto o nosso planeta faz o seu circuito anual em torno do sol, a inclinação do eixo da Terra faz com que partes do globo sintam oscilações sazonais dramáticas. Entre abril e setembro, o hemisfério norte fica inclinado para o sol, resultando em dias mais longos com um clima mais quente. E os destinos próximos e a norte do Círculo Polar Ártico passam por um fenómeno astronómico: o sol da meia-noite.

Para além das vistas perfeitas e do pôr-do-sol persistente, para celebrar os dias mais longos os visitantes podem desfrutar de caminhadas noturnas, passeios de observação de vida selvagem e festivais de arte. Planeie uma viagem em torno do solstício de 21 de junho, quando o sol está visível durante 24 horas nos destinos mais setentrionais. Eis nove lugares para aproveitar o sol este verão.

Reiquejavique, Islândia
Durante o inverno, a Islândia é conhecida pelas suas exibições deslumbrantes das luzes do norte, mas os longos dias de verão também transformam a paisagem. Faça de Reiquejavique a sua base e desfrute de um mergulho tardio na icónica Lagoa Azul, ou numa piscina geotérmica local. Planeie uma caminhada noturna até à queda de água Öxarárfoss, no Parque Nacional Thingvellir, um Património Mundial da UNESCO onde a suavidade dos raios solares pinta a neblina de dourado. Desperte a adrenalina com uma excursão de caiaque pela Baía Faxaflói, ou faça observação de baleias com a Katla Whale Watching, uma empresa familiar.

Quando ir: O sol da meia-noite é visível de 16 a 29 de julho. Reserve ingressos para o Festival do Solstício Secreto, um festival de música de 21 a 23 de junho.
Onde ficar: Fique no artístico Hotel 101 ou faça uma reserva no Hotel Eyja Guldsmeden, que fica a uma curta caminhada de todas as atrações principais de Reiquejavique.

Fairbanks, Alasca
Embora os dias mais longos possam ser apreciados em zonas mais a sul, como em Anchorage ou na Passagem Interior (onde a maioria dos cruzeiros navega), Fairbanks tem algo mais para oferecer. A melhor forma de chegar à cidade é de comboio; comece sua jornada em Anchorage e siga para norte na Alaska Railroad. Faça uma visita ao Parque Nacional Denali, para observar alces e ursos, antes de continuar para norte, para Fairbanks. Entre meados de maio e finais de julho, o sol mergulha no horizonte durante algumas horas, todas noites – perfeito para longos dias de exploração.

Quando ir: Planeie a sua viagem para 23 de junho de 2019, para o Festival do Sol da Meia-Noite, em Fairbanks.
Onde ficar: Reserve um quarto no histórico Hotel Captain Cook ou no Anchorage Grand Hotel.

Abisko, Suécia
Abisko é o lar da Estação de Esqui Aurora, o epicentro das experiências aurora no norte da Suécia. Durante os meses de verão, o sol banha a cidade durante quase 24 horas por dia. Entre finais de junho e meados de julho, a Estação de Esqui Aurora oferece viagens panorâmicas de teleférico pela encosta da montanha. Desfrute de um jantar de três pratos, antes de sair para uma caminhada guiada até ao topo do Monte Nuolja, onde pode absorver as vistas árticas maravilhosas.

Quando ir: Experimente o sol da meia-noite na Suécia entre finais de maio e julho.
Onde ficar: Reserve um quarto na Abisko Guesthouse, na cidade, ou na Abisko Turiststation, perto do Parque Abiskoational.

Longyearbyen, Svalbard, Noruega
Na Noruega, o melhor lugar para se deleitar com o sol é o mais a norte possível: Longyearbyen, no arquipélago de Svalbard, onde o sol não se põe durante quatro meses. Dirija-se a Svalbard Bryggeri, uma cervejaria artesanal na orla de Longyearbyen, para saborear uma cerveja gelada enquanto aprecia a vista para o mar. Reserve online um cruzeiro de observação de vida selvagem antes de partir, e mantenha-se atento às baleias e morsas, que são mais comuns durante os meses de verão.

Quando ir: O sol não se põe entre meados de abril e meados de julho.
Onde ficar: Hospede-se na Funken Lodge para apreciar os glaciares, ou reserve o rústico Mary-Ann’s Polarrigg, que fica a uma curta caminhada de tudo na cidade.

Whitehorse, Yukon, Canadá
Os meses de verão trazem consigo longos dias ensolarados ao norte do Canadá. Whitehorse é uma excelente base para partir numa viagem pela Autoestrada Klondike, de 716 km, até Dawson City – da era da corrida ao ouro. A estrada segue aproximadamente a rota tomada pelos prospetores durante a Corrida do Ouro de 1898. Para uma visão diferente, reserve uma excursão aérea pela maior montanha do Canadá e glaciares vizinhos, no Parque Nacional de Kluane, Património Mundial da UNESCO que fica a duas horas de carro de Whitehorse.

Quando ir: Os dias mais longos registam-se entre finais de maio e início de julho, mas de 15 a 27 de junho a noite não passa do crepúsculo.
Onde ficar: Reserve um quarto num dos aconchegantes B&B da cidade, como o Northern Lights Resort & Spa, nos arredores da cidade, ou o Hidden Valley Bed & Breakfast, em Whitehorse.

Helsínquia & Mais Além, Finlândia
Passeie pelos edifícios de estilo neoclássico de Helsínquia ou navegue de ferry entre as ilhas próximas – antes que estas se fundam numa só. Em maio, junho e julho, a capital da Finlândia tem quase 19 horas de luz solar. Mais a norte, na Lapónia, perto de cidades como Rovaniemi e Sodankylä, pode celebrar à finlandesa: com fogueiras, dança, sauna noturna e mergulhos polares.

Quando ir: Em Rovaniemi, entre o início de junho e início de julho, o sol não se põe. Planeie a sua viagem para assistir ao Festival de Cinema Midnight Sun, em Sodankylä, que tem lugar de 12 a 16 de junho deste ano.
Onde ficar: Fique no vanguardista Klaus K Hotel, ou reserve um quarto no Hotel Lilla Roberts, que fica num elegante edifício histórico.

Nuuk, Gronelândia
Para os viajantes que querem sair dos trilhos convencionais, não há melhor escolha do que Nuuk, na Gronelândia, acessível através de voos internacionais a partir da Islândia e da Dinamarca. Reserve um passeio de observação de glaciares e baleias, faça passeios de trenó puxado por cães, ou observe o eterno pôr-do-sol a iluminar as moradias coloridas do bairro de Myggedalen com um brilho dourado. Siga até ao final da estrada Isaajap Aqqutaa, em Myggedalen, para obter a vista perfeita.

Quando ir: Apesar dos dias serem mais longos durante o verão, o sol só estará visível à meia-noite entre 17 e 29 de junho.
Onde ficar: Reserve um quarto no Greenland Escape, para uma estadia acolhedora e intimista, ou escolha o Hotel Hans Egede, para uma experiência mais sofisticada.

São Petersburgo, Rússia
Em junho, durante as semanas do solstício de verão, a Rússia celebra o sol da meia-noite com um festival anual de artes. São Petersburgo inaugura a celebração com fogos de artifício e com o Scarlet Sails, um navio vermelho que cruza as margens do rio Neva. As festividades incluem ballet clássico e apresentações musicais nos famosos teatros e espaços ao ar livre da cidade. Reserve bilhetes com antecedência para o "Stars of the White Nights", uma série de concertos de ballet e ópera no Teatro Mariinsky.

Quando ir: Entre o início de junho e julho a noite não passa do crepúsculo, mas a melhor altura para visitar a cidade é durante o Festival Noites Brancas, uma série de concertos entre 11 e 13 de julho.
Onde ficar: O Hotel Astoria oferece um gostinho do passado glamoroso de São Petersburgo.

Ilhas Faroé, Dinamarca
As Ilhas Faroé há muito que atraem os viajantes com as suas paisagens impressionantes e cidades pitorescas. Apanhe um ferry da capital Tórshavn até a ilha vizinha de Nólsoy, para uma caminhada até ao seu extraordinário farol. Desfrute da hospitalidade das Ilhas Faroé durante o jantar, ou heimablídni, partilhando uma refeição com um habitante local na sua casa. Para vistas de sonho, caminhe ou conduza até à queda de água Múlafossur, na ilha de Vágar, onde pode desfrutar de um crepúsculo interminável.

Quando ir: Nas Ilhas Faroé, entre o início de junho e meados de julho, nunca passa do crepúsculo. Planeie a sua viagem para coincidir com a celebração do Jóansøkan, de 21 a 23 de junho, em Tvøroyri.
Onde ficar: Relaxe no Hotel Tvøroyri ou no Hotel Havgrím Seaside, na capital Tórshavn.
 

Este artigo foi publicado originalmente em inglês no site nationalgeographic.com

Continuar a Ler