Entrevista a Patrícia Mamona, a Melhor Atleta Portuguesa de Triplo Salto

Finalista de triplo salto olímpica, campeã europeia e recordista nacional de triplo salto, Patrícia Mamona promete continuar a empenhar-se em saltar mais além.sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Por National Geographic
Entrevistámos a melhor atleta portuguesa de triplo salto, Patrícia Mamona.
Entrevistámos a melhor atleta portuguesa de triplo salto, Patrícia Mamona.
fotografia de Federação Portuguesa de Futebol

A sua dedicação ao atletismo começou quando tinha 13 anos, mas foi apenas aos 22 que percebeu que se queria dedicar ao triplo salto. E é disto que gosta. Patrícia Mamona estudou medicina nos Estados Unidos, altura em que competiu no circuito universitário americano. 

Em 2012, a atleta do Sporting Clube de Portugal ganhou a medalha de prata nos Europeus de atletismo, em Helsínquia. Nos Jogos Olímpicos de 2016, bateu o recorde nacional no triplo salto com a marca de 14.65 metros, no Rio de Janeiro. Ainda nesse ano prodigioso para a carreira da triplista portuguesa, Patrícia recebeu a medalha de ouro em triplo salto no Campeonato Europeu de Atletismo.

Mais tarde recebeu a insígnia de Comendadora da Ordem do Mérito. Em Tóquio espera fazer melhor ainda, nos jogos olímpicos de 2020.
 

Tem alguma memória de infância preferida?
Jogar descalça ao jogo do “35” (um jogo bastante dinâmico em que se corre e salta) com os meus amigos de infância no pátio do meu prédio. Chegar a casa com os pés todos sujos e levar um raspanete da minha mãe, mas com um sentimento de felicidade por ter tido um dia espetacular de brincadeira.

Qual a próxima meta?
Jogos Olímpicos de Tóquio!

Que preocupações carrega nos ténis?
Não é apenas uma preocupação, mas também uma responsabilidade de representar Portugal dar melhor forma possível nos campeonatos desportivos mais importantes como os Jogos Olímpicos e Campeonatos do Mundo.

O que a faz ir mais além?
O desejo de ser melhor e querer mais.

Se pudesse pedir um desejo para o Planeta, qual seria?
Que ninguém neste planeta passe fome.

CURIOSIDADES
Cresceu em…
Lisboa
O seu herói é… não tenho. Tenho pessoas que admiro, principalmente quando o seu trabalho está em constante superação, isso deixa-me inspirada e motivada no meu próprio trabalho. Se elas conseguem superar-se porque é que eu não hei de me superar?
Num dia típico… treino, recupero, como uma tapioca com banana e vejo anime.
Para se divertir… gosto de dançar.
O seu sítio preferido no mundo é… em casa com a família.
Não consegue saltar sem… tomar um café expresso
O seu melhor conselho é… não deixes que ninguém te diga que não consegues. Se acreditas, vai! (P.S. e mostra-lhes o contrário)

Continuar a Ler