Viagem e Aventuras

Já conhece Elvas?

A viagem ecológica de setembro leva-nos até Elvas. Já conhece esta cidade mais a sul de Portugal?quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Por National Geographic
Fotografias Por João Amorim
Vista aérea do forte de Nossa Senhora da Graça, em Elvas

A viagem ecológica deste mês leva-nos até Elvas, uma pequena cidade a sul de Portugal, classificada pela UNESCO como Património da Humanidade desde 2012 pelas maiores e mais singulares fortificações e edificações do mundo.

Os seus encantos são inúmeros e, por isso, no artigo de hoje partilhamos alguns dos melhores locais e monumentos que não pode deixar de visitar.

Elvas, a estrela do Alentejo
Elvas é a verdadeira estrela do Alentejo: é considerada Património da Humanidade, é a maior cidade fortificada da Europa e foi uma das cidades mais importantes para a independência de Portugal.

Durante séculos foi sendo construída uma fortaleza indestrutível em Elvas, que a defendesse dos ataques de outros povos, como os castelhanos e, em simultâneo, que garantisse a independência do país.

D. Fernando, que entrava constantemente em guerras com Castela, viu-se obrigado a construir uma terceira cintura defensiva de muralhas, conferindo à cidade uma importância estratégica e uma identidade militar elevada.

Com a crise de 1580, Elvas foi entregue aos espanhóis por Filipe II, em troca de dinheiro. Algumas décadas depois, os portugueses voltaram a lutar pela cidade.

Assim, durante as guerras de fronteira que se seguiram à Restauração, em 1640, a cidade foi bombardeada durante cerca de 3 meses pelos espanhóis, ao mesmo tempo que população e os soldados eram devastados por uma grave epidemia.

A ajuda veio de Estremoz, que venceu a famosa Batalha das Linhas de Elvas e impediu que Portugal caísse de novo em poder do inimigo.

Esta vitória e todas as que se seguiram, deveram-se a um raro sistema de defesa composto pelo maior conjunto de fortificações do mundo, reconhecidos em 2012 pela UNESCO.

Muralhas da cidade alentejana de Elvas

O que visitar em Elvas?
Elvas tem alguns dos locais mais ímpares do nosso país e da Europa, pelo que será expectável perder-se pelos encantos cidade. Deixamos-lhe algumas sugestões do que não pode deixar de visitar em Elvas.

#1 Praça da República
É a “entrada” da cidade e localiza-se no centro histórico de Elvas. A Praça da República está repleta de monumentos, locais de interesse turístico e de lazer, como as esplanadas, a Casa da Cultura, o Posto de Turismo e a Torre do Relógio. Durante o dia enche-se das “gentes da terra” e de turistas que não ficam indiferentes à calçada portuguesa e a tudo o que esta praça tem para oferecer.

Muralhas e edifício do forte de Nossa Senhora da Graça, em Elvas

#2 Forte de Nossa Senhora da Graça
Localizado no Monte da Graça, este forte é um dos mais altos da região, daí a sua importância estratégica defensiva da época. Foi mandado construir pelo rei D. José I em 1763, tendo sido inaugurado em 1792, no reinado de D. Maria I.

#3 Forte de Santa Luzia
É um dos ex-líbris da cidade pela importância arquitetónica militar portuguesa do século XVII. Situa-se na zona sul da cidade de Elvas, bastante próximo da fronteira com Espanha.
O Forte de Santa Luzia é agora um museu militar, onde pode encontrar informações sobre a evolução dos vários edifícios militares, religiosos e civis de Elvas, bem como as histórias das principais batalhas em que a cidade esteve envolvida.

#4 Aqueduto da Amoreira
O Aqueduto da Amoreira possui cerca de 8 quilómetros de extensão, 1367 metros galerias subterrâneas e 843 arcos, tornando-se no maior aqueduto da Península Ibérica.
É uma das edificações consideradas Património da Humanidade pela UNESCO, que foi construído ao longo dos séculos XVI e XVII.

#5 Castelo de Elvas
Encontra-se no ponto mais alto de Elvas e foi, em tempos, uma fortificação islâmica, posteriormente reconstruída. As suas torres são aquilo que mais captam a atenção dos visitantes. A Torre de Menagem foi reconstruída em 1488, mas o aspeto atual foi conseguido em meados do século XVI.
Pode entrar no Castelo de Elvas, palco de alguns dos mais importantes marcos históricos portugueses, através de 3 portas: a da Esquina, a de Olivença e a de São Vicente.

#6 Igreja da Nossa Senhora da Assunção
A Igreja da Nossa Senhora da Assunção localiza-se no centro histórico e é a antiga Sé Catedral de Elvas. É a igreja mais importante da cidade e possui um aspeto maciço e fortificado, que não deixa ninguém indiferente.
Apesar das renovações que sofreu, ainda é possível observar alguns elementos manuelinos, como as duas portas laterais, as gárgulas ao estilo gótico, o altar barroco em mármore policromático e os azulejos dos séculos XVII e XVIII.
 

Como chegar a Elvas?
Do Porto a Elvas, a viagem pode durar cerca de 3 horas e 45 minutos, pela A1. Com partida em Lisboa, a viagem é mais curta. Em apenas 2 horas, pela A2 ou pela A6, é possível chegar à cidade fortificada.