A disseminação global do coronavírus está a afetar os viajantes. Mantenha-se atualizado sobre a explicação científica por trás do surto>>

Agora pode viajar de comboio de Lisboa para Singapura

Aquela que poderá ser a viagem de comboio mais longa do mundo parte de Portugal. Descubra todas as paragens desta viagem inesquecível que liga Lisboa a Singapura.
Fotografia por
Por Catarina Fernandes
Publicado 11/01/2022, 16:23

Esta é uma experiência única e surpreendente, para quem procura uma nova aventura. A viagem entre Lisboa e Singapura torna-se a mais longa do mundo, com uma extensão de 18.755 quilómetros, numa aventura que se tornou possível graças a uma nova linha de 260 milhas, que liga agora o Laos à China.

Partindo de Lagos, no Algarve, há algumas mudanças de comboio em locais como Paris, Moscovo, Pequim e Banguecoque. Esta rota vem ultrapassar a outrora viagem mais longa do mundo, por mais 1.609 quilómetros, entre Londres e Singapura, que incluía o embarque no Expresso Transiberiano.

A rota da viagem mais longa do mundo

A rota da sua viagem pode incluir o seguinte roteiro: Lisboa – Hendaye (França) – Paris (França) – Moscovo (Rússia) – Pequim (China) – Hanói (Vietname) – Ho Chi Minh (Vietname) – Siem Reap (Camboja) – Banguecoque (Tailândia) – Padang Besar (Malásia) – Kuala Lumpur (Malásia) – Johor Bahru (Malásia) – Singapura.

A partida para fora do país acontece em Lisboa, no comboio noturno “Sud Express” e segue até Hendaye, em França, numa viagem de 13 horas, cujo bilhete é vendido a partir dos 29 euros. Desta primeira cidade, pode seguir viagem até à capital parisiense em alta velocidade, com recurso ao TGV, cujas passagens são vendidas a partir dos 35 euros. Chegado a Paris Montparnasse pode aproveitar para passear na cidade das luzes ou seguir viagem.

De Paris a Moscovo

A viagem ferroviária entre Paris e Moscovo realiza-se uma vez por semana, num comboio noturno direto, num total de 40 horas de viagem. Aqui pode experienciar pernoitar duas noites num confortável comboio noturno russo. Para esta viagem encontra bilhetes à venda a partir de 180 euros.

Nesta viagem de Lisboa a Singapura existem paragens em cidades muito importantes, como é o caso. Se nunca esteve em Moscovo, esta é uma excelente oportunidade para visitar a cidade, antes de partir rumo a Pequim, num outro comboio noturno direto.

Esta viagem inclui 140 horas e seis noites a bordo. Este comboio parte duas vezes por semana, por rotas diferentes, via Mongólia ou via Manchúria, sendo a primeira fornecida pela ferrovia nacional chinesa e com um percurso de 7620 quilómetros e, a segunda via, pela ferroviária nacional russa, numa extensão de 8980 quilómetros. Estes bilhetes estão à venda a partir dos 650 euros.

De Pequim a Hanói

De Pequim até Hanói vai encontrar conexões diárias com duas rotas principais. A primeira, inclui Pequim, Guilin (China), Nanning (China) e Hanói. A segunda rota passa por Kunming (China) para Hanói, com transbordo em Hekou (China) e Lào Cai (Vietname). No entanto, esta opção obriga a que tenha depois de recorrer a um autocarro ou táxi para atravessar a fronteira e, depois, nesse ponto recorrer a outro autocarro ou táxi para a estação de Lào Cai e, de lá, continuar para Hanói de comboio. Optar por uma ou outra rota vai depender dos dias e horários de viagem pretendidos.

Outra possibilidade para viajar de Pequim para Hanói é pela cidade de Ho Chi Minh. Aqui pode fazer a viagem num comboio noturno, num tempo de viagem aproximado entre 32 e 37 horas, com passagens a partir de 25 euros. Se possível, opte pelos números de comboio SE1 e SE3, durante o dia, para conseguir observar as partes mais pitorescas desta viagem e, claro, se tal for possível, inclua algumas paragens em sítios como Hue, Da Nang e Hoi An.

Do Vietname ao Camboja

A viagem entre Lisboa e Singapura já vai bem avançada, mas ainda tem muito com que se surpreender.

Entre o Vietname e o Camboja é necessário seguir de autocarro, uma vez que não existe conexão de comboio. As ligações são diárias, num tempo de viagem de nove horas, com bilhetes à venda a partir de 25 euros. Chegados a Ho Chi Minh, a viagem até Phnom Penh é de cerca de cinco horas e o bilhete custa a partir de 15 euros.

Do Camboja à Tailândia e Malásia

Já no Camboja e até à Tailândia, também necessariamente de autocarro, a viagem dura cerca de nove horas e os bilhetes estão à venda a partir de 700 THB (Bath tailandês), aproximadamente 20 euros. Chegado a Banguecoque, pode aproveitar para conhecer a cidade ou seguir direto para Padang Besar, na Malásia, cuja rota principal vai de Banguecoque via Padang Besar para Kuala Lumpur.

A primeira viagem faz-se de comboio noturno, durante cerca de 17 horas e o custo dos bilhetes é a partir de 900 THB (cerca de 25 euros). Padang Besar é a estação de fronteira entre a Tailândia e a Malásia, onde já vai chegar pela manhã e mudar para o comboio para Kuala Lumpur. Esta viagem conta com seis horas de duração e os bilhetes são vendidos a partir dos 17 euros.

Da Malásia a Singapura

A viagem aproxima-se do fim, mas ainda muito há por descobrir, nestes comboios que fazem o percurso mais longo do mundo, unindo Lisboa a Singapura.

Então, para viajar da Malásia até ao destino final, em primeiro lugar deve recorrer a um autocarro para atravessar a fronteira, numa viagem de cerca de 45 minutos. Já em Singapura, é necessário andar de metro e seguir até uma estação no centro, resultando em mais 45 minutos de viagem, aproximadamente. E, assim, chegou ao seu destino.

A mais longa viagem de comboio do mundo

Esta viagem envolve várias mudanças de comboio e inclui o recurso a linhas de autocarro. O custo desta aventura ronda os 1200 euros por pessoa. 

Para além de ter Portugal como pano de fundo, de onde parte esta aventura, a viagem inclui a paragem em grandes e importantes capitais como Paris, Moscovo, Pequim e Banguecoque, cruzando 13 países ao longo dos seus quilómetros.

Neste momento importa referir que, além de toda a aventura que esta experiência única vai proporcionar aos viajantes, esta ligação de comboio entre Lisboa e Singapura reduz significativamente as emissões de carbono, uma vez que um voo entre Lisboa e Singapura, até Changi, emite cerca de 1,67 toneladas de CO2. De comboio, ou até mesmo de autocarro, esta mesma viagem tem uma emissão de 0,08 toneladas de carbono.

Atualmente, devido a algumas restrições relacionadas com a pandemia provocada pela COVID-19, algumas ligações encontram-se suspensas e existem restrições diferentes para a entrada de turistas em certos pontos de paragem desta viagem. Deste modo, aconselha-se acompanhar as indicações das entidades de saúde de cada local, antes de partir à aventura, ou ficar pelo estudo e planeamento desta viagem, para a realizar em tempos de maior segurança.

Continuar a Ler

Também lhe poderá interessar

Viagem e Aventuras
Ilha do Corvo, o antigo refúgio de corsários e piratas
Viagem e Aventuras
25 Viagens incríveis para 2022
Viagem e Aventuras
O globo do meu avô gira na ponta do meu indicador
Viagem e Aventuras
Séculos de história por entre serras, testemunhados pelos rios Douro e Tâmega
Viagem e Aventuras
Descubra a poderosa história do novo filme de alpinismo ‘Divididos’

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados