20 Dicas para fazer uma mala de viagem mais sustentável

Siga estes conselhos para fazer uma mala de viagem mais leve e que acarrete menos emissões.

Para algumas pessoas, fazer uma mala de viagem é equivalente a uma dor de cabeça, mas não tem de ser. Além disso, existem coisas simples que podem ser incorporadas na sua rotina de viagem que contribuem para um planeta mais limpo e sustentável.

Por Filipa Coutinho
Publicado 11/07/2022, 09:32

É finalmente hora de viajar, mas falta empacotar tudo na mala. Após escolher o meio de transporte e o alojamento, foque-se em preparar uma mala mais sustentável. O que significa isto?

Na euforia para sair de férias, boa parte dos viajantes faz as malas à pressa, sem pensar no impacto negativo que uma bagagem mal feita ou sobrecarregada pode causar ao meio ambiente. Afinal, o desperdício de espaço e até mesmo o excesso de volume - acredite - podem ter efeitos na natureza.

Cada vez mais popular entre os defensores da causa verde, o termo “turismo lento” é uma união de várias práticas que geram um turismo mais prolongado e com menor impacto ambiental. Esse “formato” facilita a vida do viajante através de hábitos simples, como a utilização de uma mala eficiente, que tenha apenas a quantidade de roupa necessária para cada estadia. 

Para uma viagem verdadeiramente amiga do ambiente, eis algumas dicas que pode ter em conta para uma bagagem mais consciente.

Uma garrafa de água reutilizável. Sempre à mão e que se pode encher em aeroportos e destinos com água potável. Se for resistente a temperaturas altas, pode também ser usada para chá, café ou outras bebidas. Com alguma prática dá também para papas de aveia, sopa e batidos.

Saco de pano. Serve para roupa suja, compras de mercearia, idas à praia, brinquedos dos miúdos, umas camisolas extra, etc.

Primeira seleção, segunda e terceira. Faça a mala em cima da cama ou da mesa. Depois de ter tudo junto, reveja e analise se não pode abdicar de algumas peças de roupa…

Champô sólido e sabonete. A sua durabilidade é superior à dos produtos menos naturais e já existem muitas opções nas grandes superfícies e até nas mercearias de bairro.

Roupa prática e de fibras naturais. A roupa com fibras naturais mais facilmente é usada uma segunda ou terceira vez: não tem odor e facilmente se conjuga com acessórios que a façam parecer menos informal. Muitas marcas de roupa oferecem já linhas básicas com fibras orgânicas.

Use protetor solar natural. A maioria dos produtos solares contém componentes prejudiciais à saúde humana e ambiental, causando impactos negativos na vitalidade dos oceanos. Isto significa que quando está no mar com proteção solar não-biodegradável na pele, liberta matérias químicas prejudiciais para a vida marinha. E se não der um mergulho, as substâncias são libertadas no sistema de tratamento de águas durante o duche, perfazendo as 14 mil toneladas de protetor solar que vão parar aos oceanos anualmente. No mercado existem já muitas opções de protetores naturais.

Tudo o que não tem e precisa, compre em segunda mão. Se o destino implicar comprar roupa para a neve, montanhas ou gadgets de aventura, opte por procurá-los em lojas ou sites de segunda mão.

Quanto menos peso, menos emissões. As malas grandes e pesadas devem ficar em casa. Leve apenas o estritamente necessário. Os aviões com mais carga e os carros a gasolina ou gasóleo precisam de mais combustível. No caso de viajar num carro elétrico, estamos à vontade com espaço, mas quanto mais leve estiver o automóvel, melhor.

Evite embalagens e utensílios descartáveis. Prefira talheres dobráveis, leve tupperwares e guardanapos de pano. Nos restaurantes de rua, uma marmita compacta evita que a comida seja servida em recipientes descartáveis.

Planeie com tempo. Organizar a mala e a estadia com tempo permite repensar alguns dos itens que leva consigo e evitar levar bagagem a mais.

Contribuir para a preservação. No final, queremos que a nossa mala de viagem nos ajude a deixar o destino exatamente como o encontrámos ou melhor – trazendo um saco para apanharmos lixo por onde passamos.

Lembre-se, para cada momento há uma escolha sustentável!

Continuar a Ler

Também lhe poderá interessar

Viagem e Aventuras
Descubra como fazer uma viagem com menos impacto e mais consciente
Viagem e Aventuras
Como viajar de forma mais leve e sustentável
Viagem e Aventuras
Que destino escolher
Viagem e Aventuras
A nova moda: turismo lento
Viagem e Aventuras
25 Viagens incríveis para 2022

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados