Nada disto foi alguma vez descoberto na Grã Bretanha antes. Mais de três mil peças de ouro e prata com jóias com quase 1500 anos de idade, enterrados, perdidos e esquecidos. Descoberto em Julho de 2009 por Terry Herbert, um entusiasta amador da deteção de metais, este magnífico conjunto dourado pode revelar algo sobre o misterioso período da história britânica: a Idade das Trevas. Enquanto especialistas começam a revelar os mistérios do achado, objectos completos emergem do puzzle de pedaços partidos. Armas suficientes para armar um batalhão de soldados dourados. Uma arma excecional, de tal qualidade que deverá ter pertencido a um rei ou príncipe. O achado não revela os seus segredos facilmente e, à medida que as provas se acumulam, os historiadores pintam um século VII da Inglaterra como ninguém tinha imaginado antes.