Na Amazónia profunda, um lago inexplorado emerge em todas as estações secas quando as águas das inundações recuam. Diz-se que este covil secreto atrai répteis que pouco mudaram desde do tempo dos dinossauros.