O Sri Lanka foi, durante décadas, destruído pela guerra civil. Só agora os investigadores podem trazer a ciência e a tecnologia modernas para examinar os seres que vivem aqui. Estão a descobrir uma diversidade incrível de novas espécies. Uma terra que se esqueceu com o tempo... Tendo em conta o seu tamanho, o Sri Lanka é talvez o lugar com maior diversidade biológica do planeta. O que torna o Sri Lanka tão diversificado e a sua vida selvagem tão original? A resposta está na exclusiva localização entre dois mares, na antiga história de como nasceu a ilha, nas suas condições atmosféricas únicas — e na extraordinária geografia, que embarca muitos ambientes diversos num espaço tão pequeno. Estes fatores criaram uma terra onde uma vasta gama de animais vive lado a lado, estabelecendo comportamentos novos e novos padrões de entreajuda e de conflito, para poder sobreviver. Têm, também, de aprender a viver ao lado de um determinado animal que conquistou a ilha e se apoderou dela. Esse animal somos nós. Esta é uma viagem desde o passado longínquo até ao extraordinário presente, através da surpreendente variedade registada ao longo de um ano no Sri Lanka — feita desde o mar até às montanhas cobertas de florestas do deslumbrante coração do Sri Lanka.