Animais

Uma Fotografia Incrível Apanha o Momento em Que um Sapo Engole uma Cobra

Mas parece que a cobra não estava pronta para desistir.quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Por Sarah Gibbens
O momento exato em que um sapo engole uma cobra

É difícil não simpatizar com aquela cobra – que desliza para o estômago viscoso do sapo carnívoro.

Uma fotografia tirada no momento exato mostra-nos, numa bizarra interação natural, uma cobra a ser devorada por um grande anfíbio verde.

A fotografia foi publicada recentemente na rede social Reddit e apropriadamente intitulada "One Last Scream Into the Abysssss"(um último grito para o abismo). Mostra duas bocas escancaradas num aparente dueto silencioso entre uma cobra, presumivelmente no seu último suspiro, que consegue escapar e espreita da traqueia do sapo.

A imagem tem já alguns anos, mas só alcançou popularidade com o recente ressurgimento. Foi provavelmente tirada na Austrália. Quer o fascínio seja pelo ar desesperado da cobra ou se foque na boca escancarada do sapo, as oportunidades de antropomorfização da imagem são imensas.

Biólogos conservacionistas e a exploradora da National Geographic Jodi Rowley identificaram a espécie no Twitter, como sendo uma rela-verde-australiana, Litoria caerulea. É um animal que pode ser encontrado por toda a Austrália e Nova Guiné. A fêmea cresce cerca de dez centímetros, mas os machos são menores e não chegam aos oito centímetros de comprimento.

Normalmente os anfíbios alimentam-se de insetos, mas são também conhecidos como animais ambiciosos na procura de presas, perseguindo ratos ou até outros sapos.

"Tem mais a ver com o tamanho da presa em relação à boca do animal e com a disponibilidade, o sapo só se interessa pelo que está dentro do seu campo de visão”, disse Karen Lips, uma bióloga conservacionista da Universidade de Maryland. Essencialmente – se o sapo conseguir comê-la, provavelmente comerá.

Ela explicou que a maior parte dos anfíbios, répteis e peixes engolem a sua comida inteira, e que é comum encontrar barrigas distendidas e presas a contorcer-se na boca dos predadores.

Como as cobras têm corpos longos e esguios, pode ser difícil para o sapo engoli-la de uma só vez, explicou Lips. O fotógrafo deve ter captado esta imagem enquanto o sapo tentava engoli-la e a cobra fez a última tentativa para se libertar.

Não sabemos se esta é ou não uma refeição habitual. Sem conhecer a origem da fotografia, não sabemos se foi tirada em cativeiro ou a animais que vivem em estado selvagem. Já foram encontrados vários sapos a deglutir cobras do mesmo tamanho.

Mas talvez seja a única vez que fotografaram uma cobra a tentar nadar na direção da luz.

Continuar a Ler