Animais

Veja Como Os Hipopótamos Também São os "Reis" do Reino Animal

Até os predadores como crocodilos e leões estão mais seguros se evitarem um dos animais mais agressivos do Planeta. Quarta-feira, 3 Janeiro

Por Elaina Zachos

Ah, os majestosos hipopótamos. Os mamíferos herbívoros que pesam entre uma e meia e quatro toneladas e podem crescer até aos quatro metros e meio de comprimento. Os gregos antigos deram-lhes a alcunha de “cavalos da água”, porque os animais passam mais de 16 horas por dia a percorrer desajeitadamente o fundo dos rios e lagos da África subsariana, apenas com os olhos e as narinas à superfície da água.

Apesar da sua alimentação ser principalmente constituída por plantas — eles saboreiam todos os dias cerca de 36 quilogramas de erva — os hipopótamos são dos animais mais agressivos da Terra. Conseguem partir uma canoa ao meio com os seus maxilares poderosos, e matam cerca de 500 pessoas em África todos os anos.

Mas esta espécie é vulnerável e o número de indivíduos da sua população está a diminuir. São ameaçados pela perda de habitat e pela caça ilegal, ao serem perseguidos pela sua carne e pelos seus dentes caninos em marfim. A maior concentração destes animais em África acontece no Luangwa Valley, na Zâmbia.

Com um aceno a esta espécie empolgante e carismática, deixamos em seguida alguns dos nossos vídeos favoritos de 2017:

UM JOVEM HIPOPÓTAMO TENTA BRINCAR COM UM CROCODILO

Na água turva, a cria de hipopótamo persegue um crocodilo, empurrando-o jocosamente e perseguindo-o, enquanto o réptil relutante tenta ignorar a peste de 45 quilogramas. O jovem cavalo da água leva o jogo (que está a jogar sozinho) até terra firme, onde continua a atiçar o crocodilo. Mas o crocodilo não se quer envolver com a cria e tenta acabar com aquilo de forma passiva.

O par não é usual porque normalmente os crocodilos comem as crias de hipopótamo, e os hipopótamos geralmente só brincam com animais da mesma espécie.

O par improvável não dura muito. O crocodilo consegue o que quer quando uma manada de elefantes aparece e persegue o hipopótamo até ele se afastar.

ESTE HIPOPÓTAMO NÃO SE IMPORTA COM UM ATAQUE DE LEÕES

Outro animal do qual não se vai querer aproximar muito na natureza é do leão. Apesar dos grandes felinos habitualmente caçarem presas mais fáceis de apanhar do que hipopótamos, eles podem, ainda assim, tentar apanhar um dos carros de combate da natureza.

Neste vídeo, um leão agarra o traseiro de um hipopótamo numa vã tentativa de abater o “cavalo da água”. Mas o leão acaba por largar a presa, e deixar outro membro da sua alcateia tentar derrubar a presa imparável e bamboleante. Mais dois grandes felinos tentam participar na ação, mas o grupo continua a correr e o hipopótamo parece inabalável.

Quando confrontados com o perigo, os hipopótamos conseguem correr tão rápido como os humanos, em distâncias curtas. Supostamente, o hipopótamo do vídeo conseguiu fugir.

VEJA UM LEÃO A ARREPENDER-SE DE ATACAR UM HIPOPÓTAMO

 
Os leões são criaturas curiosas. E estando perto de alguns dos animais mais agressivos da Terra, os grandes felinos ainda precisam de ter cuidado.

O leão neste vídeo não teve tanta sorte como o do clip anterior. Aqui, o grande felino curioso aproxima-se de um hipopótamo que está a descansar, provavelmente só para o observar. Caminha para cima do “cavalo de água” e cheira-lhe o traseiro, o que irrita o animal e o faz mexer. O leão empurra o hipopótamo mais algumas vezes, mas depois o hipopótamo levanta-se e sacode-se.

O leão percebe o seu erro demasiado tarde e começa a fuga. O hipopótamo persegue-o, claro que o derruba e prende a sua cabeça entre as suas poderosas mandíbulas, que conseguem apertar mais de 70 307 quilogramas por centímetro quadrado.

O hipopótamo luta com o animal até caírem, antes de o largar e o leão desaparece na direção oposta. O grande felino foi mais tarde encontrado a morrer, sangrava pela boca com feridas internas.

E VEJA TAMBÉM A HISTÓRIA ENTERNECEDORA DA PEQUENA FIONA

Continuar a Ler