Ajude a Identificar a Fauna da Cidade de Lisboa

Sabe quais são as espécies animais mais frequentes em Lisboa? Conhece a fauna da cidade? Ajude o cE3c a identificá-las, até final de fevereiro de 2020.

Publicado 19/12/2019, 18:31 WET, Atualizado 5/11/2020, 06:02 WET
Chapim-real (Parus major)
Chapim-real (Parus major).
Fotografia de Câmara Municipal de Lisboa

O projeto denominado de “Centre for Ecology, Evolution and Environmental Changes” (cE3c) está comprometido com um futuro sustentável. A missão do cE3c é a produção de pesquisas fundamentais e aplicada em Ecologia, Evolução e Mudanças Ambientais, que integram as ciências da vida e do clima.

O cE3c divide-se em seis linhas temáticas:
- Avaliação ecológica integrativa dos impactos das mudanças ambientais na biodiversidade;
- Processos evolucionários que formam a biodiversidade e a adaptação a mudanças ambientais;
- Estratégias de gestão sustentável para terras terrestres de alta natureza;
- Infraestrutura verde e azul para a sustentabilidade urbana;
- Saúde humana: ligando a história evolucionária;
- Serviços climáticos.

Um projeto de reconhecimento da fauna da cidade
Até ao final do mês de fevereiro de 2020, o cE3c lançou um inquérito online público, cujo objetivo será usar os dados recolhidos para investigação e para dar a conhecer à população de Lisboa, qual a fauna que existe na cidade.
O inquérito lançado aos residentes de Lisboa, juntamente com a Câmara Municipal e o Centro de Estudos do Ambiente e do Mar da Universidade de Lisboa, insere-se no âmbito de um projeto de monitorização da biodiversidade da capital.
Para participar no estudo deverá aceder ao site e identificar as espécies que avistou ou avista regularmente, bem como, o local de avistamento. Para tal, poderá utilizar a lista de espécies e o mapa disponível.

Biodiversidade: os registos da fauna em Lisboa
No site da Câmara Municipal de Lisboa, precisamente no separador da biodiversidade, encontra mais informações acerca da fauna da cidade. Aqui os curiosos poderão verificar quais as espécies mais comuns, entre aves, mamíferos, répteis e anfíbios, peixes e invertebrados.
Os animais encontram-se um pouco por toda a cidade embora alguns só habitem em locais específicos como o Parque Florestal de Monsanto, matas ou no estuário no Rio Tejo e, têm um papel importante na polinização das flores (aves e insetos), na dispersão das sementes (aves), no arejamento do solo (toupeiras, minhocas), entre outros.
Ainda de acordo com a informação da Câmara Municipal de Lisboa, o grupo com maior representatividade em Lisboa é o das aves - o mais numeroso dos invertebrados.

Recorda-se a importância da participação de todos os cidadãos na pesquisa lançada pelo cE3c, disponível online, para maior conhecimento da população acerca da fauna da cidade onde vivem.

Continuar a Ler