Viagem à História Vibrante de Havana Antiga

Com várias raízes indígenas, africanas e europeias, a cultura e arquitetura de Havana reflete a história de conquista, escravatura, liberação e revolução. Escolhida no início do séc. XVI pela sua localização estratégica na costa do noroeste da ilha, Havana tornou-se o maior porto das colónias espanholas das Caraíbas. A disposição original de Havana Vieja - Havana Antiga - ainda está intacta. O ordenamento dos edifícios nos séculos XIX e XX preservaram a integridade da arquitetura da cidade. Os portões de ferro forjado, pátios interiores e colunatas de pedra decoram os edifícios das suas cinco praças principais. Entre cerca de 900 estruturas históricas circundantes, alguns destaques incluem o Castillo de la Real Fuerza, um dos portos mais antigos da América, a Catedral de la Habana do séc. XVIII na praça com o mesmo nome, e o Museo de la Ciudad, localizado num palácio barroco na praça original da cidade de Havana. Mesmo com reconhecimento internacional, o trabalho de preservação do centro histórico da cidade continua a ser feito. Visitantes de todo o mundo afluem a Cuba pelas suas praias intocadas, vida noturna excitante e herança cultural rica e fascinante de arte, música e design. Viajar para Cuba é muito mais fácil para cidadãos norte-americanos do que já foi mas consulte o website do Departamento Estatal para ver os avisos consultivos atuais.
Video
2:22

Explore os Mistérios de Moai na Ilha de Páscoa

Aqui, isoladamente, acerca de 3700 quilómetros a oeste da América do Sul e a 1700 quilómetros da ilha vizinha mais próxima, os Rapa Nui desenvolveram uma cultura arquitetónica e artística distinta. Esta cultura atingiu o seu apogeu durante os séculos X a XVI, quando os Rapa Nui esculpiram e ergueram cerca de 900 moai pela ilha.