Estranho, Mas Verdade

Serval

O Serval, natural de África, tem as maiores orelhas e patas da comunidade felina.Monday, May 14

Por National Geographic

Nome comum: Serval 
Nome científico:  Leptailurus Serval
Classe: mamíferos 
Dieta: carnívora
Esperança média de vida no habitat natural: 10 a 12 anos
Tamanho: 75 a 85 cm, cauda com 40 cm
Peso: 9 a 20 kg

Classificação na Lista Vermelha da UICNPOUCO PREOCUPANTE

Conteúdo National Geographic em parceria com a McDonald's

A National Geographic e a McDonald’s unem-se numa parceria criando uma nova coleção de Happy Meal com os animais do mundo selvagem. O programa, composto por 12 peluches National Geographic, exclusivos no Happy Meal, convida as crianças a aprender mais sobre os diferentes animais, partilhando factos reais e surpreendentes da história e comportamentos da sua espécie.
Do tigre-de-bengala ao majestoso pinguim-imperador, são muitos os animais e os factos por explorar numa verdadeira e divertida aventura pela selva!
 
Mais curiosidades sobre a história deste felino e dos restantes animais em forma de peluche, exclusivos no Happy Meal, nos restaurantes McDonald’s.

SOBRE O SERVAL

O Serval é um felino natural de África, encontrado frequentemente na África Subsaariana. Vive em zonas próximas de água como savanas e evita as florestas tropicais e o deserto.

Tem uma cabeça pequena com duas grandes orelhas, e tem longas patas traseiras maiores que as dianteiras. A sua pelagem é bege amarelada com pintas pretas que tendem a fundir-se num padrão de riscas.

A cauda, que pode medir até 60 cm, tem anéis pretos. No entanto, conhecem-se casos raros de servais quase todos pretos, que se parecem a panteras.

GATO SOLIDÁRIO

Sendo um felino, o Serval é um animal solitário, que está mais ativo durante a noite, ou durante dias encobertos. No entanto, já foram vistos vários servais a dormitar juntos durante o dia.

As interações sociais em servais só se registam durante a época de acasalamento. Machos e fêmeas habitam zonas distintas, nos seus territórios.

As fêmeas serval têm uma gestação de quase três meses. As crias tornam-se independentes aos 6-8 meses.

Quando atinge a maturidade sexual, entre os 18 e os 24 meses, a cria é expulsa do território da progenitora.

CAÇADORES EFICIENTES

Os servais são carnívoros e alimentam-se sobretudo de lebres e pequenos roedores, mas também de pássaros e insetos.

O serval usa as suas grandes orelhas para escutar os movimentos da presa, e surpreende-a saltando cerca de três metros no ar e prendendo-a com as patas da frente. Apesar de ser uma técnica pouco comum, os servais conseguem caçar as presas 50% das vezes, o que os torna caçadores extremamente eficazes!

Ocasionalmente, os servais podem ainda comer répteis, sapos ou peixe, que pescam em rios.

GRANDES GATOS DE ESTIMAÇÃO

Em alguns países é permitido (e mesmo um hábito) ter servais como animais de estimação. Os servais podem viver até 20 anos, mas como animais de estimação vivam muito menos. Os donos costumam dar-lhes carne cozinhada ou ração, como fazem com gatos normais, mas o metabolismo dos servais só está preparado para carne crua.

Os servais podem ainda emitir uma grande quantidade de sons diferentes: miam, rosnam, ladram, bufam e… fazem ronrom.

O PELO DO SERVAL

Apesar de não estarem ameaçados como espécie, há sítios em que as populações de servais estão em perigo crítico, como na Tunísia.

Por causa do seu pelo bonito, os servais são caçados e a sua pele é vendida como se fosse de leopardo jovem, que é ainda mais difícil de encontrar.

Os servais têm medo de cães, e quando são perseguidos fogem para cima de árvores, onde são facilmente caçados.

ver galeria