10 maneiras de estimular os benefícios da luz solar nas crianças

A luz emitida pelos diversos dispositivos que as crianças usam pode ser prejudicial, mas a luz natural pode compensar esse efeito. Descubra como os pais atarefados podem priorizar a exposição dos filhos à luz solar.

Por Lindsay N. Smith
Publicado 29/03/2022, 11:03
Crianças ao ar livre

    

Fotografia por Imgorthand / Getty Images

As quartas-feiras estavam a ficar difíceis para a família de Zenovia Stephens. O seu filho de cinco anos vinha da escola mal-humorado, não queria brincar com o irmão mais novo e estava a ter dificuldades em lidar com a transição. Assim, Zenovia deixou de ir buscar o filho à escola de carro e começou a acompanhá-lo a pé até casa, ficando com muito tempo para brincar no caminho de regresso.

A criança começou a chegar mais feliz a casa, e quanto mais tardes passavam assim, mais adaptada ficava. Na realidade, Zenovia Stephens, fundadora da Black Kids Adventures, encontrou um processo que não funciona apenas para a sua família, também é apoiado pela ciência – maximizar a exposição à luz solar diurna é fundamental para a saúde das crianças.

A maioria dos pais está ciente dos benefícios comportamentais originados pela exposição das crianças ao ar livre, desde uma hora de deitar mais tranquila a uma redução nas brigas entre irmãos. Mas as investigações também mostram que é a luz solar real à qual as crianças estão expostas que tem grandes impactos biológicos no humor, no sono e na saúde física de uma criança. Melhor ainda, a luz do sol pode compensar os impactos negativos da luz azul artificial emitida pelos dispositivos que os nossos filhos costumam utillizar.

Eis mais razões pelas quais a luz solar é importante e como pode maximizar os benefícios de brincar ao sol.

A ciência em torno da luz solar

Nem toda a luz é criada igual. Os pais ouvem repetidamente dizer para evitarem a exposição dos filhos à luz azul, e é verdade que a exposição à luz artificial dos dispositivos durante a noite pode afetar os ritmos diários de uma criança. Mas a luz solar também está repleta deste comprimento de onda muito debatido, e ambos os tipos de luz têm grandes impactos no relógio circadiano de uma criança.

Este mecanismo interno, que regula os ritmos do nosso corpo, está intimamente ligado à luz. De acordo com Helen J. Burgess, professora de psiquiatria e codiretora do Laboratório de Pesquisa do Sono e Circadiano da Universidade do Michigan, a luz afeta tudo, desde quando devemos estar alerta ao momento de desligar, incluindo a fome que sentimos ao longo do dia.

A luz azul artificial dos dispositivos é prejudicial durante a noite porque simula a luz azul natural do sol – algo que confunde o relógio circadiano do corpo. Um estudo liderado por Monique LeBourgeois, professora-adjunta de fisiologia integrativa na Universidade de Colorado Boulder, mostra que a luz azul artificial durante a noite reduz drasticamente as hormonas indutoras de sono, perturbando a hora de dormir e afetando o comportamento diurno. Mas esta mesma luz azul do sol, que contém um espectro completo de luz, faz o oposto – melhora a saúde e muito mais.

Monique LeBourgeois explica que, quanto mais luz azul diurna uma pessoa receber, melhores defesas tem contra os danos da luz azul emitida à noite pelos ecrãs. Monique acrescenta que receber muita luz solar durante o dia cria um acumular de luz azul que ajuda a neutralizar as consequências da luz artificial à noite. Por outras palavras, quanto mais exposta uma criança estiver à luz solar durante o dia, melhor o seu cérebro consegue construir defesas contra os danos da luz azul artificial mais tarde.

Este não é o único benefício da exposição à luz solar. A vitamina D que o nosso corpo produz ao absorver a luz ultravioleta do sol pode ajudar no desenvolvimento ósseo, na prevenção de doenças e fomentar um sistema nervoso mais saudável. Este mesmo processo também produz serotonina, um químico que ajuda na função cerebral e melhora o humor e a sensação de felicidade. Para além disso, já ficou demonstrado que a luz azul natural protege contra a miopia nas crianças, alivia os sintomas de condições de saúde mental como o TDAH e baixa a pressão arterial.

Ideias para desfrutar de um pouco de sol

Os especialistas concordam que a exposição das crianças a mais luz solar pode melhorar a sua saúde física e mental – e as investigações sugerem que entre 30 a 60 minutos de brincadeira ao ar livre diariamente são suficientes para conseguir grandes resultados. O desafio, claro, é encontrar tempo para fazer estas atividades centradas na luz solar. De acordo com os dados preliminares de um estudo ainda por publicar que foi liderado por Monique LeBourgeois, as crianças dos cinco aos seis anos passam cerca de 82% do tempo em espaços fechados durante o ano letivo.

Mas há boas notícias – as atividades de curta duração ao ar livre continuam a oferecer enormes benefícios. “Nem sempre se trata de uma aventura épica”, diz Adrianna Skori, CEO da empresa social Kids Who Explore. Em vez disso, os especialistas sugerem que os pais podem encontrar formas de expor as crianças à luz solar através de atividades que já têm diariamente. Seguem-se 10 ideias para começar.

Cumprimente o dia. Deixe as crianças correrem livremente durante alguns minutos depois de acordarem. Se tiver um horário apertado, use um cronómetro e informe os seus filhos de que têm 10 minutos para brincar na rua antes de se prepararem para o dia.

Desloque-se ao ar livre. Deixe o carro em casa e opte por meios de transporte que o mantenham ao ar livre. Caminhe ou vá de bicicleta com os seus filhos para a escola todos os dias, para garantir que eles têm mais probabilidades de estar ao sol sem adicionar uma carga adicional ao seu horário.

Faça uma pausa. Todos os minutos contam. Os pais podem não ter tempo para visitar o parque todos os dias, mas podem deixar os filhos passar 5 ou 10 minutos no recreio ao final do dia, e isso é benéfico.

Sugira um projeto artístico. Prepare as coisas para os seus filhos se entreterem ao ar livre enquanto prepara o jantar. Observe pela janela enquanto eles desenham uma obra-prima de giz ou pintam pedras de estimação no quintal.

Faça as refeições ao ar livre. Invista numa mesa de piquenique ou num conjunto semelhante – ou leve apenas um cobertor – e tome o pequeno-almoço e jante ao ar livre para obter aqueles raios solares extra enquanto come. Levar a comida para longe da sala de jantar também prepara as crianças para uma ótima noite de descanso.

Faça uma caminhada depois de jantar. Faça a refeição noturna alguns minutos mais cedo para poder levar a sua família a passear pelo bairro, ou ir simplesmente ao fim da rua e voltar. Ou...

Organize uma caminhada com a vizinhança no bairro. Planeie um encontro semanal com outras famílias para fazerem uma caminhada rápida em torno do bairro. “É uma boa maneira de conversar com os amigos, estar ao ar livre e deixar as crianças correr um bocado”, diz Sara McCarty, fundadora e editora-chefe da Run Wild My Child.

Desfrute do sol em casa. Se ainda assim não conseguir sair de casa, escolha uma atividade entre portas que coloque os seus filhos perto de uma grande janela com muita luz – e longe dos ecrãs. Mantenha a ligação com a natureza ao substituir os brinquedos típicos por equivalentes naturais, como galhos ou pedras para construir em vez de blocos de plástico.

Transforme as tarefas em aventuras. Mesmo em casa, envolva as crianças em responsabilidades que as deixem desfrutar de alguns raios de sol ao mesmo tempo. Peça às crianças para levarem a correspondência para a caixa do correio ao final do dia ou para varrerem a varanda da parte da manhã.

Assinale no calendário. Transforme o seu tempo ao ar livre num jogo ao manter um calendário de acompanhamento para toda a família. Anote os minutos matinais e pós-escolares, compare as semanas e anote o que está a afetar diariamente o seu tempo ao ar livre para encontrar tendências úteis.

 

Este artigo foi publicado originalmente em inglês no site nationalgeographic.com

Continuar a Ler

Também lhe poderá interessar

Família
A saúde cerebral do seu filho pode começar no bem-estar intestinal
Família
Diversão ao ar livre + mindfulness = benefícios mentais para as crianças
Família
A Ómicron é sinónimo de mais ajustes para as crianças. Eis como os pais podem ajudar.
Família
Sim, é Possível Fazer Com Que as Crianças Usem Máscara. Saiba Como.
Família
Dicas para as crianças tirarem fotografias de pássaros como um profissional

Descubra Nat Geo

  • Animais
  • Meio Ambiente
  • História
  • Ciência
  • Viagem e aventuras
  • Fotografia
  • Espaço
  • Vídeos

Sobre nós

Inscrição

  • Revista
  • Registar
  • Disney+

Siga-nos

Copyright © 1996-2015 National Geographic Society. Copyright © 2015-2021 National Geographic Partners, LLC. Todos os direitos reservados