Fotografia

12 Fotos que Mostram um Lado da Coreia do Norte que Nunca Viu

As fotografias premiadas de David Guttenfelder mostram como os desportos e a recreação são parte da vida diária na Corea do Norte.

Por Melody Rowell

21 Fevereiro 2016

 

O fotógrafo David Guttenfelder é um dos poucos ocidentais que passou bastante tempo na Coreia do Norte. Viajou pela primeira vez para o país isolado, em 2000, e lá ajudou a abrir o "Associated Press Bureau" em Pyongyang em 2012. Ao longo dos anos, foi notando uma mudança cultural na capital. E é uma mudança que veio com rodas para andar.

"Patinagem e a Coreia do Norte – duas coisas que não associaríamos."

Guttenfelder diz que desde que Kim Jong-un se consagrou líder supremo em 2011, tem havido um empurrão para levar Pyongyang até aos padrões internacionais. E uma parte fundamental desse esforço tem sido a importância dada ao atletismo e à recreação, desde então. Isso engloba a patinagem.

"Eu não sei precisar o número de pessoas que existem a andar de patins na capital, nem nas restantes cidades," diz Guttenfelder. Eram em grande parte da elite, mas, com este apelo repentino para que as pessoas saissem para a rua e fossem jogar jogos ou realizassem atividades ao ar livre, rapidamente se espalhou por todo o país. "

Depois da abertura do escritório da Associated Press, Guttenfelder passou mais de três anos dentro e fora da Coreia do Norte. Ele foi encarregado de fotografar não apenas notícias, mas também a vida diária. "Todo o meu trabalho lá como fotojornalista obrigava a ter um olhar crítico sobre tudo", diz ele. "Mas também tinha de ser um humanista para mostrar que existem pessoas normais a tentar sobreviver, e a tentar viver as suas vidas ". A sua dedicação ao fotografar a Coreia do Norte ao longo dos anos valeu a pena. Esta semana, Guttenfelder ganhou o terceiro lugar no concurso World Press Photo 2016, nos projetos de longo prazo da categoria

Os norte-coreanos têm muito pouco tempo livre; a maioria trabalha seis dias por semana e também têm muito pouco controlo sobre como usar o seu tempo fora do trabalho. Mas como mostram as fotografias de Guttenfelder, os norte-coreanos não andam só de skate e patins - eles jogam basquetebol, competem em jogos de arcada, praticam mergulho a altas altitudes, e entram e jogos. "Muitas dessas atividades são para as classes altas", aponta Guttenfelder. "Mas não é só para esses. E realmente começa a espalhar-se por toda parte."

Continuar a Ler