Museus Virtuais Portugueses que Pode Visitar Sem Sair de Casa

A história de Portugal está à distância de um clique. Para a conhecer um pouco melhor, reunimos neste artigo vários museus virtuais para visitar sem sair de casa.

quinta-feira, 9 de abril de 2020,
Por National Geographic
Museu Nacional dos Coches

Museu Nacional dos Coches

Fotografia de Direção Geral do Património Cultural

Face à situação de impacto mundial provocada pela COVID-19, que obriga a população a um isolamento social, muitas foram as entidades culturais que se transformaram em museus virtuais, ou simplesmente reforçaram a comunicação de um serviço já existente, que consiste num acesso online às suas salas, coleções e exposições.

Na tentativa de contornar as restrições causadas pelo isolamento social, museus, palácios e outros monumentos nacionais abrem as suas portas, a par com a Google Arts & Culture, desta vez, virtualmente.


Hipermédia e interatividade dos museus
A proliferação do uso da internet, na década de 90, revolucionou a forma como as pessoas comunicam e, os museus, passaram também a adotar novas estratégias educacionais e comunicativas nesta era digital.

Surgiu, no ano de 1991, em Pittsburgh (Pensilvânia), a primeira conferência sobre o uso da hipermédia e da interatividade nos museus. Esta conferência, onde são discutidas as questões sobre o uso de novas tecnologias nos museus, repete-se bianualmente nos Estados Unidos da América e em alguns países da Europa.

Sobre os museus virtuais, os primeiros debates surgiram no ano de 1997, em Los Angeles, na Califórnia, com o objetivo de reunir os profissionais dos museus, discutindo as questões pertinentes à sua utilização da internet.

Os museus virtuais são excelentes alternativas para conhecer melhor a história de um lugar, de um país e do seu povo, sem sair de casa. No conforto do seu lar, evitando filas, pressas e a deslocação, poderá visitar museus de qualquer parte do mundo.


Partilha do património através dos museus virtuais
O conceito de museu virtual é algo ainda recente no mundo da museologia e, o uso da internet como meio de divulgação e comunicação, possibilitou aos museus uma interação maior com os seus utilizadores.

Funcionam como incentivo ao público para conhecer determinado património, por meios que não exigem, necessariamente, a presença num espaço físico.

A internet possibilita visitas virtuais, podendo atrair mais público para uma visita física posterior. Neste sentido, os museus servem o propósito de ser um cartão de visita do próprio museu, difundindo o seu património de forma mais ampla.
 

Confira a lista de 10 museus virtuais existentes em Portugal:

Palácio Nacional da Pena
O parque e palácio foram implementados na serra de Sintra, após D. Fernando II ter adquirido em hasta pública o antigo convento da Pena e começado a realizar obras. É uma referência do Romantismo do século XIX em Portugal que se pode visitar aqui.

News Museum
Este museu virtual promete ser a maior experiência de Media e Comunicação da Europa. Situa-se em Sintra, invoca e explica a cobertura mediática de episódios da história recente e permite aos visitantes interagirem com a rádio e a televisão. A sua visita virtual pode começar já aqui.

Museu Nacional do Azulejo
Uma visita virtual aos Museus e ao Convento de Madre de Deus é possível através do Google Arts & Culture, disponível para o Museu Nacional do Azulejo, no âmbito do projeto 'Portugal: Arte e Património'. Nestas exposições poderá descobrir mais sobre a arte identitária do azulejo. Descubra o museu virtual aqui mesmo.

Museu Calouste Gulbenkian
É possível visitar virtualmente as galerias da Coleção do Fundador e a Coleção Moderna. Esta é uma visita a 360º que convida toda a família, principalmente os amantes de arte. Pode começar a explorar as galerias por aqui.

Mosteiros dos Jerónimos
Graças às Maravilhas de Portugal disponíveis na Google Arts & Culture, é possível fazer uma visita virtual ao Mosteiro dos Jerónimos. Uma visita 3D à obra fundamental da arquitetura manuelina espera por si. Comece a sua visita por aqui.

Museu do Fado
Abriu as portas ao público no ano de 1998, com a celebração do Fado como símbolo da Cidade de Lisboa. O museu virtual permite realizar visitas online aos três pisos do edifício. A história do Fado no Século XIX, os Poetas de Fado, a Internacionalização por Amália Rodrigues e as Casas de Fado, são algumas das exposições. Faça a sua visita virtual a partir daqui.

Museu Nacional dos Coches
Inaugurado em 1905 como Museu dos Coches Reaes, por iniciativa da rainha D. Amélia d’Orleães e Bragança. Apresenta uma vasta mostra de viaturas de gala e de passeio dos séculos XVI a XIX, tendo a sua coleção aumentado após a Implantação da República. Uma visita ao laboratório virtual 4D permite visitar o Museu Nacional dos Coches a partir de sua casa. Este museu tem como objetivo garantir a divulgação, investigação e conservação das suas coleções.

Torre de Belém
Situada na Avenida Brasília, na margem norte do rio Tejo, em Lisboa, a Torre de Belém permite visitar sete secções diferentes, sem sair de casa: o baluarte, o terraço, a sala do governador, a vista da sala dos reis, a sala das audiências, a capela e o terraço superior. Todos os pormenores da Torre que surgiu entre 1514 e 1520, na defesa da barra de Lisboa, estão disponíveis para visita virtual.

Panteão Nacional
Fundado na segunda metade do séc. XVI, o Panteão homenageia algumas das mais importantes personalidades da história e cultura portuguesa de todos os tempos. Pode partir à descoberta da nave central, do coro alto, do centro de interpretação e do terraço do Panteão Nacional a partir do museu virtual.

Palácio Nacional de Sintra
O único sobrevivente em Portugal dos Paços Reais medievais. Foi residência da família real portuguesa até 1910. Famoso pelo perfil das duplas e monumentais chaminés cónicas, o palácio exibe agora pelo mundo virtual, o seu interior de azulejos, as salas heráldicas e excecionais coleções de artes decorativas. Comece a sua visita aqui.
 

Os museus virtuais são um espaço de mediação e de relação do património com os seus utilizadores. O seu objetivo é privilegiar a comunicação como forma de envolver e dar a conhecer o seu património. 

Sozinho ou acompanhado, escolha o seu museu preferido e desfrute destas visitas no conforto de sua casa. A era digital tornou tudo possível. Aproveite e conheça mais de Portugal.

 

Nota: A maioria das visitas a museus virtuais conta com a necessária instalação da aplicação Google Arts & Culture. Faça o download para sistema operacional Android ou iOS.

Continuar a Ler