Meio Ambiente

Uma Avalanche Gigante com um Deslizamento de Terras Fatal

Oito pessoas continuam desaparecidas na sequência do deslizamento de terras fatal que se abateu sobre a cidade.quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Por Sarah Gibbens

A cidade de Bondo, na Suíça, perto da fronteira com Itália foi atingida por uma avalanche rochosa seguida de um deslizamento de terras gigante.

O desastre aconteceu rapidamente e com muita força. Estima-se que 3 964 358 metros cúbicos de sedimentos tenham resvalado pela montanha abaixo. Um oficial sénior da polícia suíça, em declarações à Associated Press, relatou que o acontecimento teve um impacto de 3.0 na escala de Richter. A queda rasgou edifícios, e cerca de 100 pessoas tiveram de ser evacuadas. (Veja como um deslizamento deu origem a um tsunami fatal, na Gronelândia.)

O desastre foi registado em vários vídeos. O primeiro mostrava apenas o início da avalanche rochosa a separar-se e a começar a descer pela montanha. Podemos ver nas imagens rochas e lama a descerem em cascata e lançarem no ar uma nuvem de pó e de sedimentos.

Dave Petley é Pró-Vice-Reitor da Universidade de Sheffield, no Reino Unido. Escreveu um artigo sobre esta avalanche rochosa para o seu site, The Landslide Blog. Colocou em hipótese que a força da avalanche criou uma onda de choque que se pode ver no fundo da encosta, onde os sedimentos tiveram um impacto maior.

As causas desta avalanche ainda estão por determinar. As avalanches podem ser causadas por um grande número de fatores, tanto de influência humana como por fatores naturais. Podem, por exemplo, ter origem em grandes nevões ou no derretimento de grandes massas de gelo. Nos dias que antecederam a avalanche, não foram registadas ocorrências atípicas, no que diz respeito a fenómenos meteorológicos.

Segundo o National Platform for Natural Hazards suíço, no decorrer do século passado, as temperaturas e a pluviosidade aumentaram no país. E, como resultado, muitos glaciares estão a derreter. Mas com tantos fatores em potência no surgimento de uma avalanche, a causa exata daquela que ocorreu em Bondo é impossível de determinar. Muitos deslizamentos ocorrem depois de anos a acumular pressão nos solos das encostas, que acabam por ceder depois de atingir o seu limite.

A avalanche provocou imagens mais assustadoras, mas a maior parte da destruição foi provocada pelo deslizamento que se seguiu, já mais próximo do sopé da montanha. O jorro de lama, semelhante a lava, que se estendeu por mais de quatro quilómetros e meio, pode ser visto a esmagar as infraestruturas da pequena cidade suíça. Os deslizamentos assemelham-se a inundações repentinas, no que respeita a velocidade e fluxo de deslocação. (Leia sobre o que causou um deslizamento na Serra Leoa que fez centenas de mortos.) 

Há, pelo menos, oito pessoas que continuam desaparecidas. Desde sexta feira de manhã, o jornal suíço Le Temps informou que a esperança de encontrar com vida algum dos oito desaparecidos está a diminuir.

Continuar a Ler