10 Formas de Contribuir para Salvar os Oceanos

Descubra o que pode fazer para ajudar a salvar os oceanos com estas dez sugestões.Thursday, June 14, 2018

Por Equipa da National Geographic

1. REDUZA A SUA PEGADA ECOLÓGICA E O CONSUMO DE ENERGIA
Reduza os efeitos das alterações climáticas nos oceanos, deixando o carro em casa, sempre que possível, e tome consciência do seu consumo energético tanto em casa, como no trabalho. Há algumas práticas que pode adotar para minimizar o impacto do seu estilo de vida sobre o ambiente. Substitua as tradicionais lâmpadas incandescentes por lâmpadas fluorescentes compactas, prefira as escadas aos elevadores, agasalhe-se ou use uma ventoinha para evitar sobrecarregar o termóstato.
FIQUE ATENTO: A Estes Equipamentos em Sua Casa

2. PREFIRA PEIXE E MARISCO SAUDÁVEL E SUSTENTÁVEL
As populações de peixes à escala mundial estão a diminuir rapidamente, em virtude da procura, perda de habitats e práticas de pesca não sustentáveis. Quando comprar peixe e marisco ou jantar fora, ajude a reduzir a procura de espécies sobre-exploradas, ao optar por aquelas que sejam, simultaneamente, saudáveis e sustentáveis.

3. CONSUMA MENOS PLÁSTICO
Os plásticos que habitam e poluem os oceanos contribuem para destruir os habitats, enredam e matam, anualmente, dezenas de milhares de criaturas marinhas. Para limitar o seu impacto, prefira uma garrafa de água que possa reaproveitar, acondicione os alimentos em recipientes reutilizáveis, leve consigo um saco de pano ou outro reutilizável, quando for às compras e recicle sempre que possível.
ASSUMA O COMPROMISSO: Escolha o Planeta

4. CUIDE DAS PRAIAS
Quer goste de mergulhar, fazer surf ou simplesmente relaxar na praia, assegure-se de que deixa o espaço limpo. Explore e desfrute dos oceanos sem interferir com a vida selvagem, remover pedras ou arrancar corais. Eleve a fasquia e sensibilize os outros para a necessidade de respeitar a vida marinha ou participe em ações de limpeza das praias da sua zona.
CONHEÇA: O Nosso Top de Cidades com Praias

5. NÃO ADQUIRA BENS QUE EXPLORAM A VIDA MARINHA
Alguns produtos podem ser nocivos e infligir danos nos delicados recifes de coral, com sérias repercussões nas populações de peixes. Evite comprar objetos como bijutaria de coral, acessórios para o cabelo feitos a partir da carapaça da tartaruga-de-pente e produtos derivados do tubarão.
SABIA QUE: Podemos Perder os Recifes de Coral em 30 Anos?

6. SEJA DONO DE UM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO E AMIGO DOS OCEANOS
Leia os rótulos da ração do seu animal de estimação e tenha em consideração a sustentabilidade das espécies de peixe e marisco, quando definir a dieta alimentar do seu animal. Nunca despeje a areia da caixa do seu gato na sanita, pois poderá conter organismos patogénicos nocivos à vida marinha. Evite encher o aquário de casa com peixes de água salgada capturados na natureza e nunca liberte um peixe de aquário nos oceanos ou noutros cursos de água, uma prática que pode introduzir espécies alheias e nocivas ao ecossistema existente.

7. APOIE AS ORGANIZAÇÕES QUE TRABALHAM PARA PROTEGER OS OCEANOS
Muitos institutos e organizações debatem-se para proteger os habitats dos oceanos e a vida marinha. Procure uma organização nacional e considere a hipótese de apoiá-la financeiramente ou de se oferecer como voluntário para trabalhar no terreno ou na defesa de direitos. Se viver perto da costa, integre uma delegação ou um grupo local e envolva-se em projetos da sua zona de residência.

8. PROMOVA A MUDANÇA NO SEIO DA SUA COMUNIDADE
Informe-se sobre as políticas relativas aos oceanos anunciadas pelas entidades públicas antes de expressar o seu voto ou contacte os seus representantes locais para manifestar o seu apoio aos projetos de conservação da vida marinha. Considere apadrinhar restaurantes e mercearias que oferecem apenas espécies de marisco sustentáveis e manifeste as suas preocupações, se identificar a presença de uma espécie ameaçada na ementa ou sobre a bancada de marisco.

9. NAVEGUE NOS OCEANOS DE FORMA RESPONSÁVEL
Se praticar navegação de recreio ou pesca, se andar de caiaque ou praticar outras atividades recreativas em mar, faça-o de forma responsável. Nunca atire nada para o mar e tenha em atenção a vida marinha nas águas envolventes. Se está a pensar fazer um cruzeiro nas próximas férias, faça alguma pesquisa e opte pela oferta mais ecológica.
VEJA COMO: Um Cruzeiro Pode Enriquecer as Suas Viagens

10. EDUQUE-SE A SI MESMO A RESPEITO DOS OCEANOS E DA VIDA MARINHA
Toda a vida na Terra está ligada aos oceanos e àqueles que os habitam. Quanto mais aprender sobre os desafios que enfrenta este sistema vital, mais se empenhará na defesa da sua sustentabilidade, por isso partilhe o conhecimento para educar e inspirar outros.

Continuar a Ler