Este Verão Agarre a Câmara e Fotografe o Lixo Marinho

A National Geographic e a Associação Bandeira Azul da Europa estão à procura dos “Suspeitos Mais Insólitos” ou seja, uma fotografia dos resíduos mais invulgares encontrados numa praia ou uma composição/escultura feita a partir de lixo marinho.

Friday, September 14, 2018,
Por National Geographic
Cartaz do passatempo da Bandeira Azul e da National Geographic intitulado'Os Suspeitos Mais Insólitos'
O passatempo da Bandeira Azul e da National Geographic está aberto até 30 de setembro de 2018.

O plástico tem sido um dos temas mais debatidos e falados em 2018.

Corremos o risco das gerações futuras não conhecerem as praias como as conhecemos hoje. Há uma grande hipótese dos ecossistemas marinhos ficarem irreversivelmente prejudicados pelo lixo que flutua nos oceanos.

Todos tivemos e temos um papel ativo nestas ondas de lixo, que chegam às praias asiáticas e do oceano pacífico. O lixo marinho é provocado pela mão humana: a pesca, o turismo, a navegação e o sistema de saneamento são as principais causas.

A saúde humana é afetada, as espécies animais são prejudicadas, os ecossistemas marinhos são alterados. O que mais precisamos de perder para começar a inverter esta tendência?

O concurso “Suspeitos mais insólitos” tem como objetivo dar destaque a este fenómeno causado por mãos humanas e premiar a fotografia ou composição de lixo marinho mais original. Esta iniciativa pretende chamar a atenção para os resíduos que se encontram nas praias e consequentemente ajudar a refletir sobre as origens, impactos e formas de prevenção.

Para participar basta preencher e enviar o formulário do passatempo, juntamente com as fotografias do lixo insólito ou de uma composição com estes resíduos, até dia 30 de setembro de 2018.

A foto vencedora vai integrar uma campanha digital feita pela National Geographic Portugal, ser publicada na edição portuguesa da revista e estar em destaque no site Natgeo.pt e nas redes sociais da marca. Além disto, os três primeiros classificados serão premiados com equipamento fotográfico.

Da próxima vez que for à praia, não se esqueça da sua veia artística! Aproveite o que o mar nos devolve e fotografe o lixo mais invulgar ou crie uma composição feita a partir destes objetos. Lembre-se: todos contribuímos para o aumento do lixo nos oceanos e todos podemos ajudar a diminuí-lo.

 

Consulte o regulamento do concurso em: https://bandeiraazul.abae.pt/projetos/2018-concurso-de-fotografia/

Continuar a Ler