Viagem e Aventuras

9 das Praias Fluviais Mais Bonitas de Portugal

De Norte a Sul, Portugal tem mais de 100 praias fluviais irresistíveis. Selecionámos 9 das mais bonitas, que tem de conhecer. Sexta-feira, 22 Junho

Por National Geographic

Não há dúvida que Portugal é um país lindíssimo, e que além de praias fabulosas, o interior do país é deslumbrante. Em 2018, a Quercus classificou 390 das 640 zonas balneares portuguesas com “Qualidade de Ouro”.

Para receberem esta distinção, as zonas balneares têm de ter uma qualidade de água excelente nas últimas 5 épocas balneares. Este ano, 39 praias fluviais, de Norte a Sul de Portugal, receberam o galardão.

Por isso, e com a proximidade do Verão, reunimos uma lista com 9 das praias fluviais mais bonitas do país, onde pode passar um dia em grande, sozinho, com família ou amigos.

LORIGA, SERRA DA ESTRELA

A praia fluvial da Loriga, em Seia, situa-se num vale glaciário e distingue-se pelas águas cristalinas. Foi uma das finalistas das “7 Maravilhas – Praias de Portugal”, na categoria de Praias Fluviais.

A paisagem é de tirar o fôlego – não pertencesse a praia de Loriga ao Parque Natural da Serra da Estrela –, e pode apreciar ou fazer desportos de aventura, de natureza ou caminhadas. Não deixe de aproveitar o dia em Loriga, com um piquenique num dos parques de merendas, ou até explorando a vila e os seus outros atrativos, como a ponte e estrada romanas, o “Caixão da Moura”, ou o centro histórico medieval.

Se visitar Loriga em julho, poderá ainda conhecer a festa de São Sebastião, e nos dois primeiros domingos de agosto acontecem as festas da Nª Sra. da Guia e de Nª Sra. da Ajuda. A tapioca, o carolo, a botelha e o bolo negro de Loriga estão lá o ano todo para quem se quiser deliciar.

Como chegar?

A partir de Seia, seguir para sudoeste, para São Romão (EN231), em direção a Loriga; passados cerca de 17 km, já em Loriga, continuar, cerca de 1 km, pela EN231 em direção a Alvoco da Serra.

Coordenadas GPS: 40° 19' 38.11" N (40.327253) / 7° 40' 42.48" W (-7.678467)

PRAIA FLUVIAL DO RABAÇAL, VALPAÇOS

A praia fluvial do Rabaçal, na freguesia de Possacos, em Valpaços, é um refúgio transmontano à sombra de amieiros. Nas águas do rio Rabaçal pode fazer-se rafting e canoagem, pesca ou simplesmente nadar e aproveitar o sossego.

A praia tem um extenso areal, rodeado de árvores e natureza. Se decidir prolongar a sua estadia em Gavião, há um parque de campismo com bungalows para famílias bem perto da praia do Alamal. Não deixe de visitar o Miradouro da Nossa Senhora da Saúde, ou de tirar umas fotografias maravilhosas na Ponte Romana sobre o rio.

O que fica prometido é muita diversão, natureza, e banhos purificantes, acompanhados de um belo Folar ou um Cozido Transmontano.

Coordenadas GPS: 41°37’58.3″N 7°14’50.8″W

PRAIA DO ALAMAL, GAVIÃO

A praia fluvial do Alamal, a única em pleno Tejo, fica entre duas barragens: a de Belver e a do Fratel. Localizada em Gavião, no Alentejo, tem parque de merendas, balneários, parque infantil, areal, e uma vista deslumbrante para o Castelo de Belver – um maravilhoso exemplar da arquitetura medieval portuguesa.

Aqui praticam-se desportos de aventura como slide e rappel, e ainda passeios de barco ou canoa. Se preferir caminhar, há um longo passadiço de madeira que acompanha o rio. Na sua visita à Praia do Alamal pode esperar a companhia das madressilvas que namoram os medronheiros, os aromas dos botões de ouro, das murtas e dos lírios selvagens. Tudo isto enquanto aproveita as águas calmas do rio Tejo.

E não termine a sua visita à praia fluvial de Gavião sem espreitar a Igreja Matriz e as vistas do miradouro, ou ainda sem se perder na beleza da Quinta do Alamal.

Como chegar?

A 150 km de Lisboa e a 266 km da cidade do Porto, chega-se a partir da A23, pelas saídas de Mouriscas ou Belver, ou pela EN118 para quem vem de Ponte de Sôr seguindo a indicação de Belver.

Coordenadas GPS: (39.488018)/ (-7.967594)

PIÓDÃO, ARGANIL

Na lindíssima aldeia de xisto, Piódão, há uma praia fluvial escondida. A praia fluvial de Piódão fica a 41 km de Arganil, na encosta da Serra do Açor, e nasceu após a criação de uma represa na ribeira.

Esta zona balnear já conquistou várias distinções, pela belíssima localização, frescura e pureza das águas, e infraestruturas envolventes que lhe dão apoio. Neste pequeno paraíso poderá encontrar balneários, zonas relvadas e um snack-bar. As áreas envolventes são muito arborizadas, para ajudar nos dias de maior calor.

A sua estadia em Piódão não deve, no entanto, ficar-se só pela praia fluvial. Este local, uma das aldeias de xisto da zona de Coimbra, tem um extenso património – não esqueçamos que é um Imóvel de Interesse Público – que vale a pena visitar. As quatro capelas, de S. Pedro, S. João, Santa Bárbara e da Senhora do Bom Parto, o Museu Etnográfico e a Fonte dos Algares, são apenas alguns dos locais que deve visitar em Piódão.

Coordenadas GPS: 40° 13' 10.07" N ( 40.219465 ) / 8° 3' 13.85" W ( -8.053846 )

LAGO AZUL, FERREIRA DO ZÊZERE

A praia fluvial da Castanheira é conhecida por Lago Azul, pelas águas límpidas que lhe conferem uma cor azul idílica. Fica nas margens do rio Zêzere, na Albufeira de Castelo de Bode, e está rodeada por árvores e natureza verdejante.

Aqui dispõe de duas piscinas flutuantes, uma dela para crianças, e pode ainda desfrutar de um passeio de gaivota ou kayak, fazer windsurf, vela, jet ski, wakeboard ou canoagem. As piscinas e praia fluviais oferecem uma zona segura para toda a família, com vigilância, posto de primeiros-socorros, bar e balneários.

Aproveitando a visita a Ferreira do Zêzere, não deixe de visitar o Pelourinho de Águas Belas, a Gruta da Avecasta, e a mítica e lindíssima península de Dornes.

Coordenadas GPS: 39°40’33.0″N 8°13’50.7″W

PRAIA FLUVIAL DA FRAGA DA PEGADA, MACEDO DE CAVALEIROS

Na albufeira do Azibo, em Bragança, encontrará a praia fluvial da Fraga da Pegada. Esta praia fluvial é a que detém mais Bandeiras Azuis de toda a Europa, e é conhecida por ter uma temperatura média da água de 22ºC.

Ao microclima da praia fluvial da Fraga da Pegada, juntam-se as infraestruturas de apoio que a tornam um sítio muito seguro para passar uma tarde de banhos. Esta zona de Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo tem muito para conhecer! Gravuras rupestres escavadas nas rochas, cruzes, fechaduras, covinhas e pegadas fazem deste local um Sítio Arqueológico de Interesse Municipal.

Se ao final de um dia a fazer remo, windsurf ou vela, ficar com vontade de conhecer a maravilhosa gastronomia de Macedo de Cavaleiros, porque não experimentar umas casulas com butelo, umas rosquilhas ou um pudim de castanha? Não ficará desapontado!

Coordenadas GPS: 41° 34' 57.46" N / 6° 54' 1.77" W

PRAIA DO RECONQUINHO, PENACOVA

Em pleno rio Mondego, por meio de vales e com vista para a vila de Pencova, a praia fluvial do Reconquinho faz as delícias de quem a visita. Rodeada de loureiros e azevinhos, e habitada por gralhas pretas, gaios, piscos de peito ruivo e melros, a praia do Reconquinho tem até uma Fluvioteca, para aqueles que não dispensam uma boa leitura.

Para aproveitar ainda melhor a paisagem, experimente um passeio de canoa pelo Mondego. Se quiser banhos de água e de sol, pode estender a toalha sem preocupações: a praia fluvial tem Bandeira Azul, nadador salvador e atividades para crianças.

Lá perto, tem ainda o Parque de Campismo de Penacova, se quiser prolongar a sua visita, e o Mosteiro de Lorvão. Foi neste mosteiro que se criaram, entre outras delícias, milharós, bolo podre, derriços, ginetes, súplicas ou capelas de ovos, que tem mesmo de provar. E olhe que vale mesmo a pena!

Como chegar?

Estrada Nacional 110, Penacova 3360-207, Portugal

Coordenadas GPS: 40°16'00.5″N 8°16'43.8″W

PRAIA FLUVIAL DO ALQUEIRÃO, TERRAS DE BOURO

O Gerês é um dos paraísos de Portugal, mas sabia que esta zona tem inúmeras praias fluviais? Em plena Serra do Gerês, em Terras de Bouro, a praia fluvial do Alqueirão é uma das mais bonitas e procuradas.

Esta praia junta uma paisagem verdejante, águas de extrema qualidade, desportos aquáticos e ainda áreas de piquenique. Faz parte das três praias fluviais de Rio Caldo, e é uma praia espaçosa, que à primeira vista parece de mar, pelo seu areal.

O Rio Caldo, que banha esta praia, convida a passeios de gaivota, de moto aquática e em barquinhos, que pode alugar no sítio. Há atividades para todos os gostos e idades. Se preferir um programa menos aventureiro, pode sempre tomar um banho nas águas quentes desta praia, enquanto se delicia com a vista. Nas redondezas há tanto para ver, conhecer e comer, que a única dificuldade é mesmo escolher.

Como chegar?

Situada junto à ponte de Rio Caldo.

Coordenadas GPS: N 41º 43.424 W 008º 11.340

PRAIA FLUVIAL DA PONTE DE SOEIRA, VINHAIS

O rio Tuela, que fez uma pequena albufeira natural, convida a um dia bem passado na praia fluvial da Ponte de Soeira. Mas tem que estar atento, esta praia está bem escondida. A marcar a entrada, há uma ponte de cantaria.

As águas de temperatura agradável que parecem espelhos, o aspeto rústico e quase selvagem da zona, e a sensação de estar num sítio ainda não descoberto, fazem desta praia um pequeno paraíso.

É frequente encontrar, nos meses de Verão, miúdos e graúdos a mergulhar no Tuela desde as rochas, ou boias e barquinhos insufláveis que coloram a paisagem verde e fresca. A praia está bem abrigada do vento, e tem zonas de sol e de sombra, para que todos tenham o seu lugar.

Apesar de quem a visita não mais querer ir embora, é quase obrigatório ir conhecer os Pelourinhos e o Castelo, bem como a Casa da Moura Encantada. E, claro, provar o fumeiro de Vinhais.

Como chegar?

Na EN 103 que liga Vinhais a Bragança, passada a aldeia de Vila Verde, desça para o vale do rio Tuela, até surgir uma ponte de cantaria de arco redondo.

Coordenadas GPS: (41.85354)/ (-6.93197)

ATENÇÕES A TER

Mesmo nas praias fluviais tem sempre de ter alguns cuidados. Usar protetor solar, manter as crianças perto e não se aventurar demasiado se não souber nadar são precauções a ter em qualquer zona balnear.

Grande parte destas praias fluviais, além de serem acessíveis a cadeiras de rodas, possuem nadador salvador e postos de primeiros-socorros, contudo, é sempre melhor prevenir.

Mas não se fique por esta lista! Investigue as mais de cem praias fluviais e de transição que existem em Portugal, e deixe-se maravilhar pelos tesouros escondidos do nosso país.