Descubra a Diversidade das Tradições Espirituais e Culturais de Laos

Salpicado por templos, palácios e pagodes deslumbrantes, Louangphrabang representa a fusão entre as tradições de Laos e as influências coloniais europeias.quinta-feira, 21 de junho de 2018

Veja as Ricas Tradições Espirituais e Culturais de Laos
Veja as Ricas Tradições Espirituais e Culturais de Laos

Há uma razão para que Louangphrabang, pronunciado por vezes Luang Prabang, em Laos tenha atraído uma corrente crescente de visitantes nos últimos anos. Esta aldeola, em tempos pacata, tem tudo: uma rara combinação de esplendor natural e artificial, com a diversidade de tradições espirituais e culturais que apelam, de igual forma, ao peregrino, ao aventureiro de mochila às costas e ao ecoturista.

A localização da aldeia numa península na confluência dos rios Mekong e Nam Khan, rodeados por montanhas verdejantes, oferece uma beleza natural que é complementada pela arte dos palácios, templos e casas tradicionais de Louangphrabang.

Louangphrabang, designada Património Mundial da Humanidade pela UNESCO pela fusão singular das tradições de Laos e as influências coloniais europeias na sua arquitetura e cultura, foi a capital do reino de Lane Xang do século XIV ao século XVI, assim como o centro de culto budista na região.

Descubra a Diversidade das Tradições Espirituais e Culturais de Laos
Descubra a Diversidade das Tradições Espirituais e Culturais de Laos

A aldeia leva o nome do Buda Prabang, uma estátua em ouro do Buda, com cerca de 83 centímetros de altura, e que está, atualmente, exposta no Museu do Palácio Real da localidade.

A área é também pontilhada por dúzias de templos budistas. Wat Xiengthong, com o seu telhado de declive acentuado, a lembrar um pagode, e paredes profusamente decoradas com entalhes e mosaicos, é possivelmente o mais impressionante de todos. Construído no século XVI, o templo foi um dos únicos locais a ser poupado à vaga de destruição, quando os bandidos do Exército da Bandeira Negra saquearam Louangphrabang em 1887. O líder do grupo em Laos tinha estudado no templo como noviço e decidiu fazer dele o seu quartel-general. O local mantém-se como um dos exemplos mais impressionantes e bem preservados da arquitetura religiosa na região.

Sendo um lugar antigo, a tradição budista na região está muito presente. Os visitantes, tal como os habitantes locais, levantam-se antes do amanhecer para ver passar nas ruas a procissão diária dos monges e participar nas oferendas, nas quais os devotos oferecem aos monges o sustento na forma de arroz e outros bens.

Louangphrabang acolhe também uma cultura vibrante, para além das suas tradições religiosas, desde o mercado noturno, onde se vende artesanato, e o mercado matutino de legumes às atuações de danças tradicionais, histórias e espetáculos de marionetas. A aldeia oferece uma enorme variedade de opções gastronómicas, desde comida de rua típica da região à ementa de um restaurante francês.

Para alguns, a principal atração é a natureza que rodeia a aldeia. O Monte Phousi ergue-se imponente no centro da localidade e oferece uma panorâmica única de 360 graus de Louangphrabang e dos seus templos, bem como do rio Mekong e das cordilheiras montanhosas em redor. Para os interessados em aventurar-se nas paisagens mais distantes, as opções de atividades ao ar livre incluem caminhadas e caiaque.

Um dos destinos mais populares para os amantes da natureza é a majestosa cascata de Kuang Si, situada a cerca de 45 quilómetros de Louangphrabang, com três níveis e uma altura de 50 metros, que desemboca num conjunto de piscinas naturais, muito procuradas para nadar. Logo à saída da cascata, situa-se o Parque de Borboletas de Kuang Si, um santuário povoado por flores de cores vibrantes, onde impera o sossego, apenas interrompido pelo agitar das asas delicadas.

Rio acima, a 24 quilómetros de Louangphrabang, as grutas de Pak Ou representam uma combinação única do natural e do sagrado. Situadas numa falésia de calcário, onde os rios Mekong e Nam Ou se cruzam, as duas cavernas são povoadas por milhares de estatuetas de Buda, trazidas por peregrinos ao longo de centenas de anos. 

+ locais a visitar

Veja Fortes Medievais Escondidos Entre as Montanhas do Paquistão.
Video
4:12

Veja Fortes Medievais Escondidos Entre as Montanhas do Paquistão.

Em tempos, Hunza foi governada por um príncipe, ou Mir, primeiro do forte Altit, fundado há 1000 anos e, mais tarde, do vizinho Forte Baltit, também centenário. Em ruínas no final do século XX, ambos os fortes passaram por grandes obras de restauração. Embora histórico, Hunza Valley também é socialmente avançado, com um alto nível de alfabetização no seu geral, e um foco específico em educação para meninas. Recentemente, as mulheres também começaram a praticar carpintaria, tradicionalmente um comércio dominado por homens. Um novo trabalho para a nova geração de carpinteiros têm sido as restaurações dos locais históricos ricos em madeira.
Explore os Mistérios de Moai na Ilha de Páscoa
Video
2:22

Explore os Mistérios de Moai na Ilha de Páscoa

Aqui, isoladamente, acerca de 3700 quilómetros a oeste da América do Sul e a 1700 quilómetros da ilha vizinha mais próxima, os Rapa Nui desenvolveram uma cultura arquitetónica e artística distinta. Esta cultura atingiu o seu apogeu durante os séculos X a XVI, quando os Rapa Nui esculpiram e ergueram cerca de 900 moai pela ilha.
Planar Sobre as Colinas de Chocolate nas Filipinas
Video
2:06

Planar Sobre as Colinas de Chocolate nas Filipinas

Mas as Colinas de Chocolate formaram-se naturalmente, ao longo de milhões de anos. E também mudam de aparência todos os anos. Exuberante na estação das chuvas, a vegetação seca no verão, conferindo-lhes a tonalidade marrom-dourada que lhes dá o nome - as pessoas comparam as colinas com os beijos gigantes da Hershey's. Cerca de 1700 montes estendem-se até 32 quilómetros quadrados, alguns com mais de 120 metros. A base de calcário da terra é formada por esqueletos da vida marinha. As alterações geológicas levantaram a rocha e a água corroeu-a lentamente. Outros eventos do tipo são capazes de esculpir calcário em todo o mundo, mas esta combinação na forma e na uniformidade das Chocolate Hills, torna-as únicas.
Continuar a Ler