Paraísos de Língua Portuguesa

Será que conhece os paraísos que Portugal tem para lhe oferecer? E de outros países onde a língua portuguesa predomina? Reunimos alguns neste artigo!quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Por National Geographic

Portugal tem ao longo da sua extensão territorial vários paraísos escondidos. Se alguns deles já se encontram ao descoberto e perderam a calmaria, outros ainda permanecem sagrados. O mesmo acontece com alguns dos paraísos dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa. Conhece-os?

Paraísos em Terras Lusas

Viana do Castelo
Uma das cidades mais belas de Portugal, um verdadeiro paraíso repleto de história e cultura é Viana do Castelo, a Norte do país. Se pretende fugir da confusão, deverá evitar as festas em honra da Nossa Senhora da Agonia, que leva milhares de pessoas à cidade, portugueses e estrangeiros. Fora dessa época poderá visitar a cidade e desfrutar em pleno de tudo o que a mesma tem para lhe oferecer.
Viana é aconchegada pelo Rio Lima e pelo Oceano Atlântico e detém uma beleza medieval singular. Pode (e deve) perder-se pelo seu centro histórico, apreciar as ruas e ruelas que compõem a cidade, observando os pormenores que merecem destaque na cidade: os azulejos das casas, as fachadas dos edifícios armoriadas, as lojas dos trajes tradicionais ou os filigranas de ouro, orgulhosamente expostos em cada montra de comércio.
Antes de sair da cidade, não esqueça da visita obrigatória ao Santuário de Santa Luzia, onde terá uma vista deslumbrante para toda a cidade e onde poderá desfrutar de um belo jantar onde a opção de peixe ou marisco será certamente bem elaborada – ou não fosse Viana uma cidade dedicada ao mar.

Sesimbra
De Viana do Castelo, seguimos para Sesimbra. A cerca de 40 km de Lisboa, pertence ao distrito de Setúbal. Se procura paisagens de cortar a respiração encontra-as em Sesimbra: Serra da Arrábida, Cabo Espichel, Foz do Rio Sado, Lagoa de Albufeira e Praia do Meco são locais de visita necessária para sentir o quão especial é este paraíso de Portugal.
Sesimbra oferece uma cultura histórica admirável, quer pelo seu Castelo classificado como Monumento Histórico Nacional Português – dos últimos castelos portugueses sobre o mar que ainda mantem o medievalismo – permite uma vista deslumbrante sobre a terra e o mar; quer pelo Moinho da Azóia ou o Forte da Marinha, entre outros.
As praias são, claramente, um paraíso também a conhecer. Pode começar logo por aquela que é considerada por muitos, uma das melhores praias de Portugal, a Praia do Ribeiro do Cavalo. Por último, não deixe de visitar a Praia da Lagoa de Albufeira que, desde 1987, integra a Reserva Ecológica Nacional.

Porto Covo
Não podemos falar de paraísos em Portugal sem descer até à Costa Vicentina e falar de Porto Covo. Esta aldeia que outrora era de pescadores, agora é procurada pelo turismo. Apesar de lotada no verão, não deixa de ser um sítio de destaque para visitar.
As casas brancas com faixas azuis e o azul do mar ao fundo das ruas pintam o cenário de um belo postal de férias, passadas em Porto Covo. Todo o ambiente que se vive nas ruas da aldeia espalha magia.
As suas praias são de referência e as paisagens deslumbrantes são os maiores fatores que levam cada vez mais pessoas até à aldeia. Obviamente que a Ilha do Pessegueiro tem a sua cota de culpa nesta enchente de pessoas e faz jus à viagem de barco que exige para a sua visita.
Não abandone Porto Covo sem provar um arroz de marisco, pois dizem ser dos melhores do país!

Paraísos em Países Africanos de Língua Portuguesa

São Tomé e Príncipe
Não é por acaso que São Tomé e Príncipe já foi, mais que uma vez, um dos países africanos escolhidos para destaque em referência a lugares de sonho. É um dos países mais pobres do mundo, mas quem o visita afirma que é impossível não ser feliz lá e que a felicidade reside nos seus habitantes.
O país das frutas, do cacau, das roças e dos sorrisos, um paraíso de origem vulcânica, localiza-se geograficamente no centro do mundo. Tem uma beleza natural ímpar e um clima agradável. Facilmente encontrará praias desertas e as paisagens verdejantes onde a flora e a fauna são uma constante.
Ao visitar São Tomé e Príncipe poderá colocar na sua lista uma visita ao imaculado Ilhéu das Rolas e à Praia Jalé. O areal fino e dourado, acompanhado da água azul-turquesa, estão à sua espera.
Saiba que aqui poderá desfrutar de um dos mais belos paraísos de biodiversidade mundial, desde a observação protegida das tartarugas à exploração da terra e das savanas. As cascatas e as montanhas deixam a promessa de querer voltar ainda antes de sair desta terra.
Todos os momentos se tornam facilmente em memórias inesquecíveis, neste paraíso!

Boa Vista – Cabo Verde
Ainda com o domínio da língua portuguesa, encontramos um verdadeiro paraíso em Cabo Verde. A Boa Vista localiza-se precisamente no meio do Oceano Atlântico. As suas águas transparentes, os areais dourados e as extensas dunas, denunciam este paraíso para quem pretenda realmente relaxar durante umas férias.
Boa Vista é rodeada de ilhotas e é conhecida como a ilha da felicidade. É a terceira maior ilha do arquipélago e está a uns meros 450 km de distância da costa africana.
A capital de Boa Vista, Sal-Rei, merece uma visita. Deixe-se deambular pelas ruas e pelos bairros de pescadores. Se quiser ver um verdadeiro areal dourado, brilhante e de areias finas, com um mar azul turquesa como pano de fundo, visite então a Praia de Santa Mónica. Na Praia da Varandinha é comum ver passeios de jipe. Esta praia é conhecida pelas suas grutas, mesmo junto à água do mar, possíveis de explorar.
Um local que também convida à visita por quem está de férias neste paraíso, é a Povoação Velha. É velha de nome por se tratar da localidade mais antiga da ilha. Aqui vai ficar com a sensação de que o tempo parou. A vida parou nesta localidade e já quase ninguém é visto nas ruas.
Entre mergulhos, organize um passeio até ao Deserto de Viana. Esta é uma área dominada por dunas de areia branca que se estendem numa dimensão que corresponde ao equivalente a um quarto da ilha da Boa Vista. É, por isso, um dos lugares mais incríveis neste destino.
A observação de baleias também é possível, principalmente entre março e abril, já que nos meses de inverno elas procuram as águas ao largo da Boa Vista para dar à luz e cuidar das crias nos primeiros meses de vida.
Termine a visita neste paraíso com a exploração da própria ilha que tem tanto para mostrar: Cabo de Santa Maria, Costa da Boa Esperança, Rabil, os Túmulos de Benoliel, a Favela da Boa Esperança e Praia de Chaves.

Continuar a Ler